30 de jan de 2014

Grammy 2014: Ainda promovendo a Agenda Illuminati

O Grammy Awards 2014 contou com um ritual de magia negra e bruxaria disfarçada na performance de Katy Perry. Surpreendido? Você não deveria estar. Isso vem acontecendo há anos. Nós vamos analisar a Agenda Illuminati sendo promovida no Grammy 2014.
O Grammy Awards deste ano, aparentemente, tinha algo para todos. Enquanto roqueiros da velha guarda podem ter gostado de ver Paul McCartney, Ringo Starr, Willie Nelson e Metallica tocando ao vivo, são os fantoches da indústria atuais que atingem os jovens. E são suas performances que estão cheias de simbolismo e mensagens. Ao contrário dos cantores mais antigos, as apresentações dadas por Beyoncé, Katy Perry, e até mesmo Mackelmore, não eram estritamente sobre música. Suas performances foram veículos para empurrar a Agenda Illuminati que os patrocina. 
Durante anos, estive afirmando que as cerimônias de prêmios de música são uma celebração do que a indústria Illuminati representa, visto que seu formato coreografado oferece à indústria a oportunidade de colocar no imaginário coletiva mensagens e simbolismos específicos. Após cada temporada de premiação, noto um número crescente de pessoas percebendo que algo está "off" com a indústria da música e que ela promove um conjunto específico de valores e atitudes. Está o público ficando mais sábio ou será apenas as coisas que estão se tornando óbvias demais para se ignorar? Seja o que for, o show levou pessoas como AJ McCarronex, ex-jogador de futebol americano, que jogou para a Universidade do Alabama, tuítar:
 É só eu ou algumas das performances do Grammy até agora
 parecem ser realmente demoníacas? Parece que há uma 
grande quantidade de mal no mundo.
Até mesmo  a E!Online tuítou durante o show: 
Hum, será que acabamos de testemunhar uma feitiçaria
 real durante a performance #Grammy de Katy Perry?
Beyoncé Representando Beta Kitten
 A premiação começou com Beyoncé cantando as palavras: 
Eu tenho bebido, eu tenho bebido
Fico imunda quando aquele licor entra em mim
Eu estive pensando, eu tenho pensado
Por que não posso manter meus dedos longe dele, baby?
A partir desse ponto, sabíamos que essa premiação provavelmente não seria "adequada para crianças". Vestida com uma roupa revelando uma boa parte de seu corpo, a performance de Beyoncé era tão sexual quanto a letra da música. Isso levou muitos pais a se queixar porque isso foi televisionado às 8h, enquanto as crianças (muitos das quais admiram Beyoncé) ainda estavam acordadas. Outros notaram que, se Miley Cyrus desse a mesma performance, provavelmente haveria uma revolução violenta agora mesmo.
A performance de Beyoncé era de fato uma representação exata do seu recém-lançado "álbum visual", que contém um monte de vídeos muito sugestivos. Depois de ver esse álbum, eu posso estimar com segurança que cerca de 80% das imagens consiste em close-ups de Beyoncé se tocando de um jeito sensual. Na verdade, neste álbum, Beyoncé parece desempenhar o papel de uma Beta Kitten que está programada para ser sexual o tempo todo (se você não sabe sobre a Programação Beta, leia este artigo). Alguns dos vídeos no álbum de Beyoncé contêm simbolismo de programação monarca. 
 Esta cena do vídeo "Partition" é uma verdadeira homenagem à programação 
Beta Kitten. Há duas Beyoncé (representando o desdobramento de personalidades);
 Elas estão atrás das grades (representando escravos MK ) e elas estão cobertas de
 estampas de animais (representando escravos Kitten em simbolismo Illuminati). 


A performance do Grammy de Beyoncé está, portanto, em consonância com o tema principal de seu "álbum visual" - a programação Beta Kitten. Televisionada no início da premiação, sua performance é ainda outro exemplo de como uma premiação expõe milhões de mentes jovens ao excesso de sexualização.

Katy Perry a Bruxa

A parte mais flagrante dos prêmios foi, sem dúvida, a performance de Katy Perry, que era tão flagrante que até fez muitos espectadores "não-conscientes" ficarem perturbados por suas conotações satânicas. A performance começou com um ditado de voz sinistra:

 "Ela lança magias de bolas de cristal. Invocando espíritos. Ela me coloca em transe". 

Dentro de uma bola de cristal, Katy Perry canta enquanto quatro figuras demoníacas com chifres sobem acima dela.
  Algumas das figuras sinistras têm chifres do tipo Baphomet. 
Katy então sai da bola de cristal e se movimenta com seus dançarinos, controlando-os remotamente  como se eles estivessem sob seu feitiço. 
Vendo a performance, rapidamente entendemos que a música
 não é sobre amor, mas sobre estar sob possessão oculta. 
O refrão da música reflete, basicamente, o que acontece com aqueles que aceitam pactos sombrios... não diferente da maioria das pessoas de sucesso na indústria do entretenimento que estavam na platéia.
 
 Então, você quer brincar com a magia,
 Cara, você deveria saber no que você está caindo
 Baby, você se atreve a fazer isso
 Porque eu estou indo para você como um cavalo escuro
Em seguida, Katy aparentemente invoca um cavalo negro - é uma referência ao cavalo negro do Apocalipse?
 A musculatura do cavalo escuro, a cor azulada e brilhantes
 olhos vermelhos são muito semelhantes a um outro cavalo: O 
"cavalo diabo" do Aeroporto Internacional de Denver.
 Este cavalo assustador está na frente do Aeroporto Internacional de
 Denver - um lugar cheio de simbolismo sobre a Nova Ordem Mundial. 
É o cavalo na performance de Katy uma referência ao "cavalo diabo"
 (que é como as pessoas em Denver o chamam) do aeroporto de Denver? 
Katy então dança ao redor e a sua vassoura se transforma em um poste de dança de stripper por um minuto. Para completar o ritual, seus dançarinos acendem um círculo de fogo ao seu redor. 
  Fogo em torno de Katy, enquanto as figuras com chifres a vigiam.
  A cruz vermelha brilhante no vestido de Perry é muito 
semelhante ao da cruz vermelha da Ordem dos Templários. 
Os Cavaleiros Templários eram uma sociedade secreta ocultista medieval que foi considerada a criadora da Maçonaria, os Illuminati da Baviera e os guardiões dos segredos do magia sexual praticada pela OTO de Crowley. Os Cavaleiros Templários foram processados ​​devido à sua suposta adoração a Baphomet e pela prática de bruxaria. Perry vestindo sua cruz está, portanto, muito apropriada. Essa cruz também representa a filosofia da elite oculta como um todo.
  A arte da capa do Dark Horse apresenta um Olho Que Tudo Vê na parte 
superior, sinalizando que isso é patrocinado pela elite ocultista. Além disso,
 o pássaro e a gaiola dão dica para os elementos ocultos 
de controle mental da canção.
Em suma, a performance de Katy Perry é a razão pela qual eu chamo a maioria das cerimônias de premiação de "mega- rituais". 
Promovendo "Malévola" 
Continuando na mesma linha exata da performance de magia negra de Perry, o Grammy foi usado ​​também para promover o mais recente filme da Disney "Malévola".
 O filme contará com Angelina Jolie como a
 bruxa má de A Bela Adormecida com chifres. 
O trailer mostrado na cerimônia contou com a canção "Once Upon a Dream", cantada por Lana Del Rey - outra figura de proa para a programação Beta Kitten (veja 98% de seus vídeos de música). Não ao contrário da maioria do Grammy, este filme da Disney parece estar destinado a jovens, mas não há tons sombrios escondidos nele. 
  No trailer, vemos Malévola, apelidada de "a senhorita de todo o mal", 
colocando uma maldição no bebê Aurora. Esta é uma boa imagem para 
representar o que a mídia de massa faz com a juventude.
 O trailer termina com Malévola dizendo: 
 "Não há mal neste mundo. Ódio. E Vingança... hahahahahah !" 
Seja o que você disser, esta mais uma produção Disney. 
O Culto na Igreja
Os prêmios, em seguida, tomou um rumo estranho quando Mackelmore executou sua canção pró-gay "Same Love". A performance apresentou 33 casais (um número simbólico Illuminati) sendo casados ​​por Queen Latifah. Logo depois, Madonna, a Grande Sacerdotisa da indústria da música sai para cantar para seus súditos.
  Segurando um cetro, símbolo de poder, Madonna dá suas
 bênçãos de Grande Sacerdotisa para o casamento em massa. 
A performance ocorreu em uma igreja falsa, com um coral gospel, no qual 33 casais foram casados ​​legalmente. Isso é essencialmente o que a indústria Illuminati está tentando fazer: tornar-se a nova religião das massas... completa, com mega- rituais televisionados.
 Conclusão 
Como de costume, o Grammy 2014 premiou os artistas que a indústria quis recompensar e promoveu as mensagens que os Illuminati queriam promover. Enquanto muitas performances eram simples e sóbrias, aquelas dadas pelos artistas mais influentes de hoje eram pesadas em mensagens e imagens. Da performance Beta Kitten de Beyoncé ao ritual de magia negra de Katy Perry, vimos mais uma vez que eventos importantes são quase sempre usados ​​para fazer lavagem cerebral na juventude e para dirigi-la a uma direção específica. Por que tudo é direcionado para doutrinar os jovens?
Como a canção de Ketty Perry diz: " Porque uma vez que você for meu... não há como voltar atrás."

Fonte: VC
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário