18 de dez de 2013

ABSURDO: Hospital alemão tem "gaveta" para mães abandonarem bebês anonimamente!


Bebês abandonados podem ser deixados em uma "escotilha para bebês" (Babyklappe, em alemão) em um hospital da Alemanha, que então cuidará das crianças e os preparará para adoção, informa o Daily Mail.

As escotilhas do hospital St. Joseph de Berlim consistem em caixas de metal equipadas com aquecimento, um travesseiro e lençóis. O objetivo delas é que mães deixem ali, anonimamente, seus filhos não desejados.

O sistema funciona como uma porta giratória. Quando o bebê é colocado ali, soa um alarme que alerta os funcionários do hospital. Dentro da caixa, sempre há um bilhete alertando as mães que, caso mudarem de ideia, as autoridades cuidarão da criança por dois meses. Passado esse tempo, ela será será então colocada para a adoção.

De acordo com o Daily Mail, estatísticas dizem que a escotilha é utilizada duas vezes por ano, em média.

A prática, comum desde os tempos medievais - no Brasil era notória a "roda dos expostos" da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo -, vem sendo atacada pela União Europeia recentemente. Autoridades dizem que o sistema nega às crianças o direito de conhecer seus pais biológicos e também há o medo de que, por causa do caráter anônimo, parentes possam deixar a criança ali contra a vantagem da mãe.

Segundo a ONU, há 99 caixas do tipo na Alemanha e a prática é comum em diversos outros países.

No início da ONU, a chanceler alemã, Angela Merkel, lançou uma proposta de lei para substituir as escotilhas. Mulheres terão permissão para dar à luz sem revelar sua identidade para ninguém fora do hospital. A informação será mantida por 16 anos para permitir que as crianças abandonadas saibam quem são suas mães quando forem mais velhas.


 Fonte:Terra
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário