23 de nov de 2013

Mudanças climáticas: Chuva torrencial no DESERTO !!!

Em Riyadh, na capital da Arábia Saudita, intensas (e raríssimas) chuvas inundam (!!!) a cidade do deserto.
O governo pediu aos moradores para não saírem às ruas. As escolas foram fechadas
Enchentes estão sendo relatadas na Arábia Saudita, especialmente na capital  do reino, Riyadh com o governo fechando as escolas e universidades e exortando as pessoas a ficarem em casa em meio a fortes chuvas. Inundações são muito raras no país que é dominado pelo deserto da Península da Arábia.
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
Em Riyadh, na capital da Arábia Saudita, intensas (e raríssimas) chuvas inundam (!!!) a cidade do deserto com raras inundações.
RT-Rússia Today – Moscou – Publicado em: 17 novembro de 2013 09:28
Muitos automóveis tentam transitar por uma rua alagada no norte da capital Riyadh, em 17 de novembro de 2013, após as fortes chuvas que caíram durante a noite toda na capital da Arábia Saudita, provocando severas inundações e engarrafamentos que obrigou o Ministério da Educação saudita a suspender as aulas regulares nas escolas e universidades por um dia.
Enchentes generalizadas estão sendo relatadas acontecendo na Arábia Saudita, especialmente na capital do reino, na cidade de Riyadh, com o governo tendo que fechar escolas e exortando as pessoas a ficar em casa em meio a fortes chuvas.Inundações são raras no país dominado pelo deserto da Arábia.
Testemunhas em Riaydh, que também é a maior cidade do país, estão relatando que várias ruas e muitas lojas foram completamente alagadas em diversas partes da cidade. Fotos postadas no Twitter mostram carros se afogando no excesso da água da chuva.
Um fenômeno muito mais normal e natural em uma região desértica, uma Tempestade de areia tomou conta de Riaydh, a capital da Arábia Saudita no dia 10 de março de 2009. As autoridades tiveram que cancelar os voos e disseram que a visibilidade chegou a zero naquele dia, veja em foto a seguir: 
Chuvas  a noroeste da cidade de Ha’il são esperados para inundar o vale  Al Adeera, de acordo com relatos da mídia. Entretanto, testemunhas relataram que os moradores a 70 km a oeste de Ha’il tiveram que se abrigar nos telhados das casas, nas mesquitas e até mesmo no topos de colinas na medida em que a inundação começou. 
O reino do deserto na Arábia Saudita, no passado, já foi muito criticado por sua falta de preparação para tais situações, até porque inundações é um fenômeno muito raro nesta parte do mundo, que é um enorme deserto. A chuva teria sido a mais pesada em mais de 25 anos. 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário