6 de dez de 2015

O que a indústria de câncer não quer que você saiba

Posted by Semeando Paz on 6.12.15No comments


Eles nos dizem que a quimioterapia salva vidas, aumenta a taxa de sobrevivência a longo prazo e não danifica as células saudáveis. Todas essas reivindicações da indústria do câncer são falsas.

Veneno mata indiscriminadamente - ele sempre foi e sempre será. Enquanto danificar as células saudáveis, quimioterapia actualmente provoca a secreção de uma proteína que mantém o crescimento do tumor e a sua resistência a um outro tratamento.

É isso mesmo ... a quimioterapia vai realmente estimular o crescimento do câncer e tratamento do câncer é a principal causa de cânceres secundários.

Atrás de vacinas, medicamentos, diagnósticos e terapias, odontológico, psiquiátrico e praticamente todas as pesquisas médicas, é uma indústria e uma fonte de lucro para as empresas.

A indústria do câncer está mostrando uma ironia particular, porque cancerígenos são fabricados por divisões das mesmas corporações multinacionais cujas filiais construir scanners e equipamentos utilizados para o diagnóstico de câncer, desenvolver drogas que são usadas quimioterapia e aqueles que damos para evitar recorrências. Em que realidade em que vivemos, onde os únicos meios aceitáveis ​​de tratamento do câncer são cortados, veneno e irradiar?

A indústria do câncer destruídos ou marginalizados remédios seguros e eficazes, promovendo os seus próprios medicamentos patenteados, caros e tóxicos que fazem mais mal do que bem.

Nenhum produto quimioterapia nunca foi realmente curado ou resolvidas as causas de câncer.

tratamentos de quimioterapia consideradas pela medicina tradicional como um "sucesso" gerir apenas os sintomas, geralmente à custa de interferência com outros funções fisiológicas importantes que geram efeitos colaterais mais cedo ou mais tarde. Não há nenhuma droga que não tem efeitos colaterais.

Quimioterapia e radiação pode matar o câncer, mas eles também vão matar

A quimioterapia é cheio de efeitos negativos, após o tratamento. A maioria dos agentes nas drogas quimioterápicas entrar no cérebro e podem directamente ou indirectamente, induzir uma série de alterações agudas e tardias no sistema nervoso central. Estes efeitos podem durar por anos antes de se dissipar ou, no caso de crianças pequenas, continuam na idade adulta.

A taxa de sobrevivência a longo prazo dos pacientes de quimioterapia são grandemente exagerada, porque a maioria destes pacientes acabam por morrer de doenças não relacionadas com o cancro do original, mas relacionado com o tratamento.

Produtos quimioterapia (especialmente agentes alquilantes), são conhecidas por causar outros cancros, incluindo leucemia, e muitos desses fármacos que se enquadram nesta categoria. Os agentes alquilantes danificar directamente o ADN em todas as células.

Estes agentes não são específicos de uma fase, em outras palavras, elas são activas em todas as fases do ciclo celular. Como estas drogas danos no ADN, que podem prejudicar a medula óssea a longo prazo e, por conseguinte, afectar a imunidade futuro.

Com estes produtos que estão em risco de desenvolver um cancro secundário em baixo ruído, mas o seu diagnóstico é inevitável. Estudos indicaram que o risco começa a aumentar de cerca de dois anos após o tratamento, que é o maior entre os 5 e os 10 anos. Esta é a razão da morte de doentes com quimioterapia entre 10 e 15 anos após o tratamento.

A radioterapia também podem aumentar o risco de desenvolvimento de cancro na maioria das pessoas. Variedades de cânceres secundários com radioterapia são vastas, mas consistem principalmente leucemias e sarcomas.

Esses casos geralmente acabam após a exposição à radiação, com um risco máximo cinco a dez anos depois. Mais uma vez, a maioria dos pacientes submetidos à radioterapia desenvolver cancros secundários relacionados com o tratamento e não como uma consequência do câncer de origem.

Tipos de câncer induzido pela radiação dispararam nos últimos vinte anos, porque tem havido um ressurgimento deste tipo de tratamento, muitas vezes após a quimioterapia.

Outros tipos de câncer também estão ligados à radioterapia. Os tumores podem desenvolver no local da exposição à radiação ou estreita, mesmo uma década ou mais após o tratamento.

Estes riscos parecem ser mais elevada em certas áreas do corpo, tais como cancro da mama e da tiróide. Em alguns casos, a idade no momento da radioterapia vai desempenhar um papel.Pacientes jovens com câncer de mama por exemplo, são mais propensos a desenvolver um câncer secundário raios terapia que os pacientes idosos.

Médicos denunciam a indústria do câncer

Dr. Robert Atkins disse uma vez que existem vários tratamentos para o câncer, mas não há dinheiro nele. Eles são naturais, eficaz e barato, eles não contêm nenhum produto caro, mas exigem grande auto-disciplina por parte dos pacientes. Leva milhões para financiar os exames laboratoriais e testes clínicos necessários para fazer uma nova droga contra o câncer que pode ser patenteado e vendido.

Tem-se dito que a chave para o sucesso no negócio da saúde é fazer com que um grande truque que vai dar vida aos doentes. Pense em todas as pessoas cujos exames de sangue eram ruins, que permaneceram em uso de medicação para matá-los, para uma breve medicamento tomado com as próximas mudanças na dieta e estilo de vida, teria reduzido de saúde sem medicação.

De acordo com Dr. John Diamond, "Um estudo de mais de 10 mil pacientes mostra claramente que o chamado excelente história de quimioterapia no linfoma (câncer dos glóbulos brancos ou linfoma) doença são falsas. Pacientes que se submeteram a quimioterapia eram 14 vezes mais chances de desenvolver mais propensos a desenvolver câncer ósseo e leucemia seis vezes, juntas, mais suave do que os pacientes que não se submeteram tecido quimioterapia."

Dr. Glenn Warner, que morreu em 2000, foi um dos maiores especialistas em câncer nos Estados Unidos. Ele usou tratamentos alternativos com grande sucesso. Falando de tratamento do câncer no país, ele disse: "Nós temos uma indústria de bilhões de dólares matando pessoas apenas para o ganho financeiro. Sua idéia da pesquisa é verificar se duas doses desse veneno é melhor do que três doses do veneno ".

Dr. Alan C. Nixon, ex-presidente da American Chemical Society, escreveu: "Como um químico treinado para interpretar os dados, acho que é incompreensível que os médicos podem ignorar a evidência de que a quimioterapia faz muito mais mal do que bem."

E de acordo com Dr. Charles Mathe, especialista em câncer francês, "... se eu tinha câncer, eu nunca ir em um centro de tratamento convencional do câncer. Apenas as vítimas de câncer que vivem longe de tais centros têm uma chance. "

Dr. Allen Levin disse: "A maioria dos pacientes com câncer neste país morrem de quimioterapia.A quimioterapia não elimina mama, cólon ou câncer de pulmão. Isso está documentado por mais de uma década, mas os médicos ainda usar quimioterapia para estes tumores.

"Em seu livro, "O tema do Câncer: quando temos de acabar com a matança" , Dick Richards citou vários estudos de autópsia mostram que pacientes com câncer que morreram por causa dos tratamentos convencionais antes que o tumor tem teve a chance de matá-los.

Como a quimioterapia estimula o crescimento do câncer

Os investigadores testaram os efeitos de um tipo de quimioterapia em amostras de tecido a partir de homens com cancro da próstata e encontrou "evidência de danos no DNA" em células saudáveis ​​após o tratamento, os cientistas escreveu Nature Medicine .

Quimioterapia funciona inibindo a replicação das células de divisão rápida tais como as encontradas em tumores.

Os cientistas descobriram que células saudáveis ​​danificadas por quimioterapia secretado mais de uma proteína chamada WNT16B, que estimula a sobrevivência da célula cancerosa ( ver artigo aqui do BBB sobre este assunto ).

"O aumento de WNT16B foi completamente inesperado", disse à AFP o co-autor do estudo de Peter Nelson Research Center Câncer Fred Hutchinson, em Seattle.

A proteína foi absorvido pelas células tumorais vizinhas de células danificadas.

"WNT16B quando é secretada, as células tumorais interagem com parentes e iria crescer, se tornar invasoras e, mais importante, torná-lo resistente à suíte terapia", disse Nelson.

No tratamento do cancro, tumores, muitas vezes respondem bem inicialmente, em seguida, segue uma rápida proliferação e, finalmente, uma resistência a seguir a quimioterapia.

foi mostrado que a taxa de reprodução de células cancerosas acelerada entre os tratamentos.

"Os nossos resultados indicam que as respostas de dano nas células benignas ... pode contribuir directamente para acelerar a actividade de crescimento do tumor", a equipe escreveu.

Os pesquisadores disseram ter confirmado suas descobertas sobre tumores de câncer de mama e câncer de ovário.

Pacientes com câncer incurável a promessa de um melhor acesso a drogas que podem durar toda a oferta de alguns meses extras ou anos de vida, mas muitos médicos foram obrigados a tornar-se mais cauteloso para um curso de tratamento para estes doentes terminais porque a quimioterapia muitas vezes pode fazer mais mal do que bem, apoiado pelo estudo do conselho de Nelson.

90% dos pacientes submetidos a quimioterapia sofrem efeitos fatais

O NCEPOD (Confidential Enquiry nacional em resultado do paciente e da Morte), disse que mais de quatro em cada 10 pacientes que receberam quimioterapia, no final de suas vidas sofreram efeitos fatais pelo uso de drogas e que o tratamento era "inadequada" em cerca de um quinto dos casos.

No geral, quase 90% dos pacientes que foram administradas quimioterapia morrer dentro de 15 anos, ou cânceres secundários ou imunes direto comprometido com o resultado do tratamento. Combinado quimioterapia e radiação são as principais causas de cancros secundários em todo o mundo.

Houve um aumento de 68% na utilização de produtos de quimioterapia desde 2003, e apesar do enorme aumento na incidência de cancros desde os factores de risco (de acordo com a indústria de cancro) para cancros primários e lado são sempre devido ao tabaco, álcool, exposição ocupacional e os determinantes genéticos. O tratamento ou diagnóstico de cancro não é mencionado como a causa de cancros primários ou secundários.

O câncer é a principal causa de doença e se olharmos para o futuro, as tendências recentes nas principais cânceres globais, a carga de câncer aumentará de 22 milhões de novos casos a cada ano até 2030. Isso representa um aumento de 75% em relação a 2008.

Mais da metade de todos os pacientes com câncer sofrem de toxicidade significativa relacionada com o tratamento. Ela também pode causar infecções graves ou pacientes podem simplesmente morrer de câncer.

Quando questionado sobre como melhorar a resposta e o resultado do paciente, Nelson disse, "alternativamente, pode ser possível utilizar doses mais baixas e menos tóxicas de terapia".

Em resumo, a quimioterapia destrói praticamente todas as células e do corpo antes de participar do câncer real. Isso significa que o seu sistema nervoso central, órgãos e do sistema imunológico (para citar alguns) são todos comprometidos até anos após a interrupção do tratamento. Lembre-se do que foi dito sobre a quimioterapia que faz um trabalho melhor no longo prazo em matar o câncer.

A quimioterapia causa a morte de células do cérebro muito tempo depois do fim do tratamento e pode ser uma das causas biológicas subjacentes dos efeitos colaterais cognitivos - ou "cérebro químico" - em que a de muitos pacientes com câncer.

Tratamento convencional do câncer é uma decepção enorme e caro - um não-tratamento que adoece e mata mais pessoas que não "curar". Ela nunca pode curar qualquer coisa, porque envenena o corpo, fazendo apenas levar a outras doenças mais tarde.

A questão [ou não a quimioterapia realmente prolonga a vida, nota do editor] provavelmente não pode ser respondida. Em estudos clínicos, os fabricantes sempre comparar os seus novos produtos com venenos celulares anteriores. Não há um grupo de controlo que não receberam nenhum tratamento.

Para ser admitido no mercado, é só pegar uma vantagem "estatisticamente significativo" em um pequeno grupo de cuidadosamente selecionados em comparação com pacientes tratados com um veneno celular aprovado testes assunto. 

Traduzido por BBB

Fonte: Waking times
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário