6 de dez de 2015

O "Bem" e o "Mal"

Posted by Semeando Paz on 6.12.15No comments

O bem e o mal

Em algum momento das suas vidas, a maior parte das pessoas tornam-se conscientes de que não existe apenas nascimento, crescimento, sucesso, saúde, prazer e vitória, mas também perda, fracasso, doença, velhice, decadência, dor e morte. Tradicionalmente, isto é rotulado de «bem» e «mal», ordem e desordem.
O «significado» da vida das pessoas é geralmente associado ao que elas classificam como «bem», mas o bem é permanentemente ameaçado pela destruição, pela ruína, pela desordem; é ameaçado pela insignificância e pelo «mal», quando as explicações falham e a vida deixa de fazer sentido.
Mais cedo ou mais tarde, a desordem irromperá pela vida de todas as pessoas, independentemente do número de apólices que possuírem. Pode surgir sob a forma de uma perda ou de um acidente, de uma doença, de uma incapacidade, da velhice ou da morte.
No entanto, o aparecimento da desordem na vida de uma pessoa e a subsequente destruição da sua importância mentalmente definida pode converter-se numa porta de entrada para uma ordem divina de maior importância.
«Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus», é o que está escrito na Bíblia. Qual é a sabedoria deste mundo? É o movimento do pensamento e o significado que é exclusivamente definido pelo pensamento.
O pensamento isola uma situação ou um acontecimento e rotula-o de bom ou mau, como se ele tivesse uma existência segmentada. Devido a uma confiança excessiva no pensamento, a realidade torna-se fragmentada. Esta fragmentação é uma ilusão, mas parece real quando estamos presos a ela. Porém, o universo é um todo indivisível, no qual todas as coisas estão interligadas, no qual nada existe isoladamente.


Eckhart Tolle (Um Novo Mundo, pág. 162)

http://libertesuamente13.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário