16 de nov de 2014

Voo MH17-Malaysia Airlines: Fotos de satélite do ataque ao avião

Posted by Semeando Paz on 16.11.14No comments

Mistério Resolvido e CRIME COMPROVADO:
RÚSSIA LIBERA FOTOS de satélite do avião da Malaysia Airlines, Boeing 777-200 ER, do voo MH-17 sendo abatido no ar por um caça à jato. 
O Canal Um da Rússia mostrou, nesta sexta feira (14 de novembro) as fotos de satélite que comprovam que o voo MH-17 da Malaysia Airlines foi atacado e derrubado no ar por um avião militar, provavelmente um caça à jato da força aérea ucraniana Sukoy SU-25.
Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com
O Channel One da Rússia declarou nesta sexta-feira que obteve fotos supostamente feitas por um satélite espião estrangeiro dos últimos segundos do avião Boeing 777-200ER do voo MH-17 da Malaysia Airlines sendo abatido enquanto sobrevoava a Ucrânia.
MOSCOU, 14 de novembro / TASS / Televisão russa Channel One
Primeiro, o Boeing ficou sob fogo de metralhadora calibre 30 mm para, em seguida, a cabine de passageiros ser atingida por um míssil ar-ar, o motor direito e a asa direita foram atingidos por um míssil térmico que procuram calor.
malaysian_777_jet_512x288
Uma aeronave Boeing 777-200 ER da Malaysia Airlines igual ao que foi derrubado na Ucrânia com 298 pessoas à bordo
O Channel One apresentou com Ivan Andriyevsky, primeiro vice-presidente do Sindicato dos Engenheiros da Rússia, demonstrando uma foto enviada por George Beatle, que se apresentou como um controlador de tráfego aéreo, com um registro de trabalho de 20 anos.
Embora todos já soubessem de que o Ocidente foi responsável pelo ataque e a derrubada da aeronave Boeing 777-200 ER do voo MH-17 da  Malaysia Airlines, na medida em que haviam se recusado a liberar os registros de satélite existentes sobre o avião sendo derrubado, agora temos provas irrefutáveis com as fotos apresentadas que a Rússia adquiriu e divulgou  mostrando o avião sendo atacado e abatido por um caça a jato da própria Ucrânia.
mh-17-abatido
Uma das fotos de satélite do avião do voo MH-17 segundos antes de ser atingido apresentada pelo Channel One da Rússia.
De acordo com Beatle, o Boeing da Malaysia Airlines  foi abatido por um avião de caça que lhe perseguia. Primeiro, a aeronave do voo MH-17 ficou sob fogo de arma automática (metralhadora calibre 30 à bordo dos caças Sukoi-25 da Ucrânia) para, em seguida, a cabine ser atingida por um míssil ar-ar, o motor direito e a asa direita serem atingidos por um míssil que procuram calor, todos disparados do avião militar. 
O e-mail em que as fotos foram enviadas tinha um instantâneo (foto) fechado de um lançamento de míssil a partir de sob a asa esquerda do caça à jato que foi dirigido para atingir à direita na cabine do Boeing.
mh-17-abatido.01
“Vemos um tiro espacial feito a partir de uma órbita baixa. Esses tiros da foto são normalmente feitos em vigilância do espaço aéreo e terrestre”, disse Andriyevsky. “As coordenadas mostradas na foto mostram que ela foi feita por um satélite norte americano ou um satélite britânico. Analisamos cuidadosamente essa foto buscando encontrar algum sinal de falsificação, ela é autentica”.
A part of the fuselage of the downed Malaysia Airlines flight MH17 is pictured in a field near the village of Grabove, in the Donetsk region, on July 23, 2014. The first bodies from flight MH17 arrived in the Netherlands on July 23 almost a week after it was shot down over Ukraine, with grieving relatives and the king and queen solemnly receiving the as yet unidentified victims. AFP PHOTO/ BULENT KILICBULENT KILIC/AFP/Getty Images
ACIMA: Orifícios de entrada e saída de impacto de projéteis na área do cabine de comando são CLARAMENTE VISÍVEIS
O Boeing 777-200 da Malaysia Airlines na rota de Amsterdam para Kuala Lumpur caiu em 17 de julho, no leste da Ucrânia, na Região Donetsk, cerca de 60 km (mais de 37 milhas) a partir da fronteira com a Rússia, na zona de operações de combate entre as forças de defesa da auto proclamada República de Donetsk e do exército ucraniano. Todos os passageiros e tripulantes a bordo da aeronave – 298 pessoas – morreram. A maioria dos passageiros – 196 pessoas – eram cidadãos holandeses.
Então nós temos o seguinte: O Ocidente repetidamente afirmou, quase à exaustão, que a Rússia teria derrubado o Boeing da Malaysia Airlines usando um lançador de mísseis BUK terra-ar. Eles não puderam dar uma explicação do por que a Rússia teria feito isso, e assim encaminharam várias teorias, talvez porque Putin seja uma pessoa má que realmente gosta de ver as pessoas morrerem.
mh-17-abatido.02
As fotos foram feitas supostamente a partir de algum satélite americano ou um satélite britânico. Elas foram liberadas na rede estatal de televisão da Rússia, antes de uma reunião de cúpula na Austrália, onde era esperado que os líderes ocidentais iriam atacar Vladimir Putin e afirmar, mais uma vez, que ele seria o responsável culpado por disparar contra a aeronave e derrubá-la .
Especialistas que visualizaram as imagens já disseram que não é possível encontrar qualquer indicação de que as fotografias sejam falsas. Eles também notaram que o disparo do tiroteio é uma “clássica” manobra de jet (caça à jato) fighter.
sukoi-Su-25-caça
Caça ucraniano Sukoy SU-25 que é equipado com uma arma de cano duplo (metralhadora) de CALIBRE 30 mm, tipo GSH-302 / AO-17A, também equipado com uma metralhadora com 250 projéteis de munição de anti-tanque, são bombas incendiárias e explosivas contra blindados e mísseis ar-ar instalados sob as duas asas.
Sabemos que ninguém no ocidente vai responder pelo que foi demonstrado pela TV da Rússia. Já testemunhamos a mídia controlada falando sobre o incidente e sempre culpando a Rússia ou os rebeldes de Dombass, no leste da Ucrânia, pela derrubada do avião.
Assim temos que clara e definitivamente, este ataque foi uma operação de falsa (False Flag Attack) bandeira que deu muito errado, cujo objetivo sempre foi o de culpar à Rússia e provocar um sério incidente que desse origem a um conflito armado, que poderia iniciar uma guerra entre EUA-Europa contra a Rússia,algo que a elite que controla os governos ocidentais vem tentando desesperadamente obter.
Mais informações em: 
  1. http://thoth3126.com.br/malaysia-voo-mh17-confundido-com-aviao-de-putin/
  2. http://thoth3126.com.br/corpos-das-vitimas-do-voo-malaysia-mh17-sao-resgatados/
  3. http://thoth3126.com.br/malaysia-airlines-aviao-voo-mh17-com-295-pessoas-a-bordo-cai-na-ucrania/
  4. http://thoth3126.com.br/voo-370-da-malaysia-airlines-foi-sequestrado/
  5. http://thoth3126.com.br/voo-mh370-canceladas-as-buscas-por-destrocos/
  6. http://thoth3126.com.br/ex-premier-da-malasia-acusa-cia-sobre-voo-mh-370/
  7. http://thoth3126.com.br/misterio13-avioes-desaparecem-misteriosamente-do-radar-por-25-minutos/
  8. http://thoth3126.com.br/como-o-voo-malaysia-mh17-foi-derrubado-por-missil/
  9. http://thoth3126.com.br/malaysia-airlines-voo-mh-17-foi-alvejado-por-aviao/
  10. http://thoth3126.com.br/elite-quer-a-guerra-eua-europa-x-russia/
  11. http://thoth3126.com.br/falsos-ataques-terroristasfalse-flag-attack/
Permitida a reprodução desde que mantida formatação original e mencione as fontes.
thoth-escriba 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário