14 de nov de 2014

OTAN CONFIRMA A ENTRADA DE COMBOIOS MILITARES RUSSOS NA UCRÂNIA! CRIMEIA RECEBE ARMAS NUCLEARES! RÚSSIA DESMENTE! UCRÂNIA MOBILIZA TROPAS!

Posted by Semeando Paz on 14.11.14No comments

Após as declarações atuais de que a CSTO (liderada pela Rússia) suspendeu a cooperação com a OTAN, os russos enviam comboios militares a Ucrânia. General da OTAN diz que armas nucleares foram mobilizados para Crimeia. A Rússia nega tudo. Hoje o ministro da Defesa russo confirmou voos de bombardeios até o Golfo do México. Ucrânia mobiliza tropas para contra-ofensiva. Os últimos dias foram extremamente tensos, típicos de uma Guerra Fria. 
Acompanhe aqui no Sempre Guerra, mais um capítulo vivo de nossa história!

FONTE: YAHOO - Otan confirma entrada de comboios militares russos no leste da Ucrânia
A Otan denunciou nesta quarta-feira que vários comboios militares russos, incluindo tanques, artilharia e tropas de combate, entraram nos últimos dois dias no leste da Ucrânia.
"Nos últimos dois dias, observamos a mesma coisa que a OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa). Vimos colunas de equipamento russo, tanques russos, sistemas de defesa antiaérea russos, artilharia russa e tropas de combate russas entrando na Ucrânia", afirmou o comandante-em-chefe da Aliança Atlântica, Philip Breedlov.
A OSCE alertou na terça-feira que o risco de uma escalada no conflito no leste da Ucrânia entre o governo de Kiev e os separatistas pró-russos está aumentando.
"O nível de violência no leste da Ucrânia e o risco de uma nova escalada são altos e estão aumentando", afirmou Michael Bociurkiw, membro da missão especial de supervisão da OSCE na Ucrânia, em coletiva de imprensa em Kiev.
A União Europeia vai analisar a situação em uma reunião ministerial prevista para a próxima segunda-feira em Bruxelas.
A questão ucraniana também foi discutida pelos presidentes dos Estados Unidos e da Rússia, Barack Obama e Vladimir Putin, em Pequim, onde participaram na cúpula de dirigentes da Ásia e Pacífico.

FONTE: RTP - General da OTAN confirma a mobilização de Armas Nucleares para Crimeia!
Já na terça-feira o general Breedlove afirmava que a Rússia estava a reforçar as suas bases na Península da Crimeia, possivelmente com armas "nucleares", tendo ainda estacionado oito batalhões ao longo da fronteira entre a Rússia e a Ucrânia.
Na semana passada Breedlove afirmou que Moscou estava planejando estacionar força aérea na Crimeia.
A Rússia, um membro permanente, deverá vetar qualquer resolução ou declaração que denuncie a sua estratégia na Ucrânia, mesmo que Vitali Tchourkin, o embaixador da Rússia na ONU, esteja ausente e seja substituído pelo seu adjunto.
Para os Ocidentais, o encontro irá sobretudo servir para "manter os holofotes do leste da Ucrânia" e pressionar Moscou, sublinhou um diplomata ocidental.
A Rússia negou nesta quarta-feira as acusações da Otan sobre o envio de soldados e equipamento militar ao leste da Ucrânia.
"Já não prestamos atenção às declarações sem fundamento do comandante-em-chefe da Otan na Europa" (general Philip Breedlove), declarou o porta-voz do ministério da Defesa, Igor Konashenkov, falando às agências de notícias russas.
A Ucrânia alertou, nesta quarta-feira (12), que está voltando a mobilizar tropas no leste por medo de que os separatistas lancem uma nova ofensiva militar, apesar de a Rússia negar ter enviado soldados para reforçar os rebeldes.
O cessar-fogo acordado pelos militantes pró-Rússia e forças do governo mais de dois meses atrás está praticamente morto – e aumentam os receios ocidentais de que o conflito volte com força total.
“Estamos reposicionando nossas Forças Armadas para reagir às ações dos combatentes (rebeldes)”, afirmou Poltorak em uma reunião de governo em Kiev. “Vejo como minha principal tarefa nos prepararmos para uma ação militar.”
Ele não deu detalhes sobre os movimentos das tropas.
OBSERVAÇÃO: O SEMPRE GUERRA ACOMPANHARÁ DE PERTO ESTAS TENSÕES E POSSÍVEIS CONFLITOS. FIQUEM LIGADOS EM NOSSO BLOG, TWITTER E FACEBOOK PARA NOTÍCIAS URGENTES.
 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário