4 de nov de 2014

Essa menina está morta há 94 anos e abre os olhos todos os dias!

Posted by Semeando Paz on 4.11.14No comments
Desesperado com a morte por pneumonia da filha de apenas 2 anos, seu pai contratou um renomado médico para embalsamar o corpo da criança. O cadáver da menina, chamada Rosália Lombardo, foi encontrado há pouco tempo nas Catacumbas Capuchinhas de Palermo, na Itália. Dr. Alfredo Salafia, o embalsamador, era famoso por aplicar as técnicas de mumificação utilizadas pelos egípcios para conservar o corpo dos faraós. O trabalho deste embalsamador ficou impecável e desde 1920 (94 anos) o corpo da menina se mantém intacto. Inclusive exames de raio-x, feitos recentemente, mostram que todos os seus órgãos permanecem em perfeito estado. Hoje, o corpo está exposto em um caixão com tampo de vidro em uma capela turística de Palermo e é constantemente monitorado por câmeras.
O curioso é as câmeras tem registrado que ultimamente os olhos da menina tem aberto e fechado todos os dias, causando assombro de uns e devoção de outros. Algumas pessoas acreditam que Rosália seja santa e que esse movimento nas pálpebras seja resultado de um milagre. Mas não existem motivos para se assombrar e muito menos de canonizar Rosália. Segundo especialistas os flashes das câmeras tem causado o que eles chamam de “fotodecomposição” do corpo, o que juntamente com a variação de umidade faz com que as pálpebras de Rosália se movimentem de tempos em tempos e realmente os olhos ficam algumas horas do dia abertos (veja o gif). Este não é o único efeito dos flashes e da umidade sobre o corpo já morto há quase 100 anos. Os cabelos da menina também perderam a cor com o tempo e estão completamente louros. Rosália tinha cabelos bem escuros quando morreu.
Os segredos das técnicas de preservação utilizadas no corpo de Rosália também já foi desvendado pela ciência. Dr. Salafia utilizou um composto que contém: formol capaz de eliminar completamente as bactérias responsáveis pela decomposição, álcool que promove a desidratação do corpo, glicerina para evitar o ressecamento, ácido salicílico para exterminar os fungos e sais de zinco que promoveram a rigidez do corpo.

04123559977286-(1)
Câmeras foram estrategicamente posicionadas e programadas para fotografar o rosto de Rosália a cada hora. Acompanhe na imagem animada acima os olhos abrindo!
04123723203292
A tonalidade dos cabelos da menina também está sofrendo alterações.
04123801283296
Piombino Mascali, antropólogo que determinou a fórmula usada por Dr.  Salafia no embalsamento de Rosália. Financiado pela National Geographic Magazine
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário