16 de nov de 2014

A TEORIA IMPERFEITA DE QUE AS EMOÇÕES NEGATIVAS ESGOTAM-SE AO SEREM EXPRESSAS

Posted by Semeando Paz on 16.11.14No comments


A TEORIA IMPERFEITA DE QUE AS EMOÇÕES
NEGATIVAS ESGOTAM-SE AO SEREM EXPRESSAS
www.IAMUniversity.org


Há um ensinamento comum referente às emoções que é muito disseminado em nosso mundo atual.

Eis aqui: Quando liberamos nossas emoções, elas se esgotam. Portanto, a ideia é que quando estamos zangados e liberamos a nossa raiva, por expressá-la, ela se esgota. Quando estamos frustrados e damos vazão à nossa fúria ou frustração, então a sensação de frustração se esgota. Quando odeio alguém e expresso o meu ódio em palavras, ele se esgota por si mesmo. Essa é a ideia, contudo, é uma falsa ideia.


As emoções não se esgotam quando as deixamos sair, por expressá-las. O medo, a raiva, a inveja, a frustração, o ódio, que estão em nosso interior, jamais desaparecerão por expressá-los. Pelo contrário. Quando vocês expressam os seus medos, preocupações e frustrações, eles crescem. Por quê?

Lembrem-se, vivemos em um mundo de energias e forças. As emoções são forças.
Quando expressamos nossas emoções, liberamos forças.

Conforme disse Albert Einstein: “A energia não pode ser criada ou destruída, pode apenas ser alterada de uma forma para outra”.

Assim, quando sentimos raiva e a liberamos por expressá-la, a força da raiva ainda é raiva. Quando sentimos frustração e a expressamos, a força da frustração ainda tem a mesma frequência. Não diminui por meio da expressão ou desaparece no ar. Por quê? Porque a energia não pode ser destruída.

Então, tudo o que vocês fazem quando expressam a sua raiva, o seu medo, a sua inveja é poluir o seu próprio campo de força, a sua aura, em que, então, vocês têm que viver. É por isso que expressar raiva, ódio etc. apenas pioram as coisas. Vocês estão poluindo o seu ambiente autocriado e produzem um campo de força ao seu redor que literalmente se torna uma prisão.

Portanto, se quisermos estar livres do medo, raiva, ódio, inveja, fúria, frustração e de todas as muitas emoções negativas que sentimos, temos que transmutá-las, não expressá-las em seu estado negativo.

A energia não pode ser destruída, no entanto, pode ser transmutada. E assim, a conclusão é que a saída da nossa miséria emocional NÃO é a expressão descontrolada de nossas emoções negativas, mas a sua transmutação controlada.

Transmutar a energia emocional negativa significa reciclar a energia, ao oferecer-lhe uma nova direção. Por exemplo, quando vocês sentem raiva, a ideia é empregar a força destrutiva da raiva na canalização de algo construtivo, que lhes proporcione alegria. Dessa maneira, a força da raiva é realmente transmutada em alegria. Quando vocês transmutam a raiva em alegria, a raiva desaparece. Vocês ficam livres.

Todavia, se expressarem a sua raiva, a força da raiva ainda é a mesma. Ainda é raiva, e vocês não estão livres, porque a força da raiva ainda estará presente em sua aura. A sua aura é o seu ambiente autocriado, que vocês produzem a cada pensamento, a cada emoção que expressam, a cada desejo que carregam em seu interior, a cada palavra que proferem e a cada ação que realizam.

Todos nós vivemos, respiramos e existimos em nossa atmosfera autocriada. É nossa responsabilidade manter a nossa casa limpa – não apenas para o nosso bem estar e a nossa saúde, mas para a paz na Terra.

Assim, quando estiverem com raiva, por exemplo, retirem a força da raiva e canalizem-na para um projeto criativo que lhes proporcione alegria. Vão pintar algo ou dancem – e esse é o ponto importante – pintem ou dancem com ALEGRIA!

Não soltem a sua raiva ao pintar um quadro raivoso.
Transmutem a raiva ao pintar um quadro alegre.

Não liberem a raiva dançando com uma música sombria.
Transmutem a raiva, ao dançar com uma música edificante, angelical!

Dessa forma é que vocês sublimam a energia. As emoções são correntes de energia que precisam ser expressas e NÃO devem ser inibidas, contudo, elas precisam ser expressas de uma forma saudável.

Portanto, SIM, nossas emoções negativas precisam sair do sistema, elas têm que vir à tona, tem que haver alguma saída para as nossas emoções, no entanto, a forma saudável de expressar emoções negativas é, primeiro transmutá-las em uma frequência mais elevada e, em seguida, expressar essa frequência superior.

Todos nós temos emoções negativas de vez em quando, no entanto, pensem nisso: Alguma vez já se satisfez ao liberá-las? Suas emoções negativas alguma vez foram embora por vocês expressá-las? Expressar suas emoções negativas já lhes trouxe paz e amor em seus relacionamentos e em sua vida interior?

Se forem honestos consigo mesmos, a resposta é: não.

Expressar nossas emoções negativas não as faz ir embora. A única forma de fazer com que as nossas emoções negativas vão embora é transmutá-las em amor e alegria. Experimentem isso durante os próximos sete dias. Seu coração vai vibrar de alegria, porque vocês finalmente conhecerão o segredo do domínio e controle emocional.

OBSERVEM: O tema das emoções é um tópico enorme e complexo. Este breve artigo aqui apenas demonstra uma das muitas maneiras de se lidar com as nossas emoções. Não reflete o quadro completo.

(Se desejarem aprender mais, informem-se no site abaixo*).

Por favor, respeite todos os créditos ao compartilhar
http://stelalecocq.blogspot.com/2014/11/a-teoria-imperfeita-de-que-as-emocoes.html
Direitos Autorais: www.IAMUniversity.org *
Tradução de Ivete Brito – www.adavai@me.comadavai.wordpress.com
Grata Ivete!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário