5 de jul de 2014

Valcke, da FIFA, admite que há resultados manipulados e que é difícil impedir isso


Imagem: AE via Rodonews
A Fifa está preocupada com a existência de resultados manipulados no futebol. A afirmação foi feita nesta terça-feira por Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade, que admitiu dificuldade para controlar a máfia de apostas no esporte.


"Isso existe, e é algo que não vamos conseguir eliminar 100%. Isso acontece em alto nível e em níveis menores. O que nós podemos fazer é controlar as apostas legais. Trabalhamos com duas empresas que monitoram isso pelo mundo, mas é muito difícil lutar contra o que é feito por baixo dos panos", reconheceu Valcke em entrevista ao "Sportv".

O assunto surgiu por causa de uma denúncia da revista alemã "Spiegel". Segundo a publicação, o jogo entre Camarões e Croácia, válido pela primeira fase da Copa de 2014, pode ter sido manipulado.

A suspeita da revista é baseada no relato de um integrante de uma máfia de apostas. Segundo ele, jogadores da equipe africana foram incitados a participar de uma combinação para que o duelo terminasse com vitória dos croatas por 4 a 0.

Dias antes, a própria Fifa havia admitido que outro jogo de Camarões era de "alto risco" sobre manipulação. A entidade revelou temor sobre o duelo dos africanos com o Brasil, válido pela última rodada da fase de grupos.

"Existe uma vulnerabilidade", reconheceu Ralf Mutschke, chefe de segurança da Fifa. Segundo ele, o temor era baseado nas condições da seleção de Camarões, que já estava eliminada e ainda enfrentava racha interno e problemas sobre premiação.



UOL SP
Editado por Folha Política
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário