8 de jul de 2014

Patrulheiro rodoviário uniformizado dá mais de 10 socos na vítima, que já estava imobilizada em acostamento de estrada na California

As cenas são fortes e lamentáveis:

 Policial é filmado espancando mulher negra e desarmada.

Um vídeo postado no YouTube na última sexta-feira (4) e transmitido por estações locais de televisão na Califórnia causou polêmica entre grupos civis e ativistas comunitários. E não poderia ser diferente: as cenas mostram um patrulheiro rodoviário espancando por mais de 10 vezes uma mulher negra em um acostamento da estrada californiana Interestadual-1, numa clara demonstração de uso excessivo de força e abuso de autoridade.
A gravação foi realizada pelo celular de um motorista que passava pelo local. Nas imagens, é possível observar o policial perseguindo a mulher, que andava descalça entre as faixas da estrada. A alegação oficial da Patrulha Rodoviária da Califórnia é de que o agente teria abordado a vítima após esta ter se recusado a obedecer a ordem de parar, tornando-se “fisicamente combativa”, e que a teria detido por temer tanto pela segurança dela, quanto pela dele.

A agência policial, no entanto, corre o risco de ser alvo de uma investigação federal sobre as circunstâncias que levaram ao “brutal e excessivo” espancamento repetitivo de uma mulher já dominada e aparentemente desarmada. Por conta do vídeo, visualizado mais de 190 mil vezes até o fechamento desta nota, o policial foi colocado em “licença administrativa”. Nas imagens, outro homem aparece para “auxiliar” o policial uniformizado. A patrulha rodoviária o identificou como sendo também um policial, que estava de folga no dia.
As cenas são fortes e lamentáveis:
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário