20 de jul de 2014

Os “dez mandamentos” da Nova Ordem Mundial: As pedras guia da Geórgia(EUA)

Posted by Semeando Paz on 20.7.14No comments
PEDRAS DA GEÓRGIA
(Comentários do BLOG em vermelho)

O que está escrito nas Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones)?
As dez frases escritas em cada um das oito línguas modernas são:

1. Manter a humanidade abaixo de 500.000.000 em um balanço constante com a natureza.
O primeiro “mandamento” é o que mais chama a atenção dos críticos. Vários defensores de um Governo Mundial defendem a redução da população e o controle da natalidade. Os mesmos grupos são acusados de fomentar a histeria do Aquecimento Global para incluir mais e mais taxas para concluir seu objetivo de acabar com a soberania dos países. Este “mandamento” além de “pedir” uma redução dos atuais 6,7 bilhões de seres humanos para apenas 500 milhões, pede que isto seja feito em harmonia com a natureza. Algumas perguntas ficam no ar? Quem serão os escolhidos para ficar no grupo dos 500.000.000? Como a população será reduzida para ficar em “harmonia” com a natureza? As mesmas pessoas e grupos que pedem um governo mundial não são as mesmas pessoas que pedem investimentos e novos impostos para combater o Aquecimento Global? O meu pensamento é de que será necessário incentivar nascimentos em gestações assistidas para que não caia abaixo disso...
2. Controlar a reprodução de maneira sábia – aperfeiçoando as condições físicas e a diversidade.
Podemos supor que se usem os conhecimentos científicos mais corretos e com ampla divulgação e direito ao contraditório. A reprodução humana sob assistência será necessária. A prosperidade que chegará (se a aplicação democrática com ética dos demais mandamentos for feita), como é sabido hoje, dará em resultado uma redução de nascimentos tão grande que será necessário incentivarem as famílias a terem filhos suficientes para manter esse mínimo de população terrestre.
3. Unir a humanidade com um novo idioma vigente.
A respeito de criar um idioma mundial, nosso GEA já sugeriu que: 1- façamos um dicionário conjunto das quatro línguas mais faladas em casa, e com populações ocupando grandes terras produtivas; 2- daí faremos os dicionários traduzindo deste “dicionário tetra” para os demais idiomas; 3- tornar todas as escritas uniformes em letras itálicas com a correspondência entre som e grafia (um som, uma letra, de preferência com a sonoridade florentina). Daí à frente, permitir que as falas usuais adicionem não somente palavras de todas as origens, mas também derivações, conjugações, variantes e sinonímias mais expressivas; desse modo vamos obter um sistema de maior riqueza possível de significados como síntese final natural e isso obedecerá à lei de Goedel (O Sistema mais avançado em significados elimina os outros da concorrência e se firmará uma língua universal).
4. Controlar a paixão – fé – tradição – e todas as coisas com razão moderada.
O domínio das paixões com razão moderada é exigência da convivência e deve levar a reconhecer a Humanidade em um condomínio pacífico do Planeta Terra.
5. Proteger povos e nações com leis e cortes justas. Não se pode entender a palavra “justo” como lei impositiva, mas sim democrática, isto é, verdadeira, respeitando os direitos das pessoas de acesso a toda informação com direito de prosperar meritocraticamente com propriedade honesta reconhecida.
6. Permitir que todas as nações regulem-se internamente, resolvendo disputas externas em uma corte mundial. Pelo conjunto de propostas entendemos que se trata de centralizar entendimentos em um órgão mundial.
7. Evitar leis insignificantes e governantes desnecessários. Entendamos isto como eliminação de burocracias escravocratas que temos hoje.
8. Balancear direitos pessoais com deveres sociais. Achamos que realmente deve ser dado respeito aos direitos de não ser dominado pelos outros (escravidão), ao mesmo tempo que cada um seja obrigado por lei a respeitar iguais direitos dos outros.
9. Valorizar a verdade – beleza – amor – procurando a harmonia com o infinito. É visível neste mandamento o reconhecimento prévio de que há uma Essência de tudo como base para conferir o que é Verdade, beleza e amor ao próximo.
10. Não ser um câncer na terra – Deixar espaço para os outros – Deixar espaço para a natureza. A palavra “câncer” deve ser entendida em seu sentido literal de “células mutantes e prepotentes que destroem suas semelhantes”... Isso repete os sentidos que colocamos nos demais mandamentos, reconhecendo que o objetivo de qualquer Nova Ordem Global é garantir harmonia, sobrevivência, qualidade de vida crescente, para uma Humanidade Superior, que achamos ser essa mesma que está aqui, eliminando as mazelas e ampliando as boas práticas.
História nas Pedras Guia da Geórgia (Georgia Guidestones)

A lenda sobre a construção do local começou em junho de 1979, quando um bem-vestido e articulado chamado Sr. Christian (Cristão) procurou pelos escritórios de Elberton o custo de se construir um grande monumento. A empresaElberton Granite Finishing foi contrata para realizar a obra por essa pessoa misteriosa, sob o pseudônimo de R.C. Christian. Especula-se que as iniciais R e C significam a ordem Rosa-Cruz, fraternidade que teria suas origens no personagem mítico do século XIV Christian Rosenkreuz, chamado também de Irmão C.R.C.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário