7 de jul de 2014

Japão se prepara para tufão devastador...

 

Tufão 8: Japão anuncia alerta especial

Segundo a Agência Meteorológica, Okinawa deverá ser uma das províncias mais castigadas pelo Neoguri

MASAMICHI MAEDA/ALTERNATIVA

Tóquio - A Agência Meteorológica do Japão emitiu às 18h20 desta segunda-feira um alerta especial (特別警報 - tokubetsu keihou) na região da ilha de Miyako, em Okinawa, por causa da proximidade do tufão número 8, chamado Neoguri (ノグリー). O aviso poderá se estender para toda a província ainda nesta noite.

O alerta especial, representado pelo cor violeta, foi introduzido no ano passado pela Agência Meteorológica para ocorrências de desastres naturais, somando-se a outras duas categorias: alerta amarelo e alerta vermelho.

A intenção é de aumentar a conscientização dos moradores de uma determinada área que estiver correndo risco de alguma tragédia causada, por exemplo, por chuva intensa, tufão, neve, erupção de vulcão, terremoto e tsunami.

Segundo a Agência Meteorológica, Okinawa deverá ser uma das províncias mais castigadas pelo tufão, que pode provocar ondas de até 14 metros de altura, além de vento forte e muita chuva.

Ainda não é possível dizer de forma precisa quando o tufão afetará outras partes do Japão. Pela previsão da Agência, o fenônemo climático pode atingir a região central do país entre quinta e sexta-feira.

O Neoguri, considerado o pior tufão da história para o mês de julho, está ganhando força e nas próximas horas poderá ter a classificação elevada de "muito forte" (hijounitsuyoi, 非常に強い) para "devastador" (mouretsuna, 猛烈な).

Atualmente, segundo um boletim divulgado às 18h50, o tufão se desloca no sentido noroeste, para o sul de Okinawa, a uma velocidade 25 quilômetros por hora. Há ventos sustentados de até 180 km/h (50 m/s), com picos de até 252 km/h (70 m/s).

Na manhã desta terça-feira, segundo a Agência Meteorológica, o tufão pode atingir o nível de "devastador" e adquirir ainda mais força, chegando a ter ventos sustentados de até 198 km/h (55 m/s), com picos de até 270 km/h (75 m/s).

http://www.alternativa.co.jp
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário