22 de mai de 2014

ALERTA MUNDIAL: TEPCO FARÁ LANÇAMENTOS DE ÁGUA CONTAMINADA NO MAR

Operador Plant disse que iria começar a despejar os primeiros 560 toneladas de água contaminada na quarta-feira de manhã

TEPCO Lançamentos água contaminada no mar
Créditos de imagem: Imaginem China, TEPCO

Autoridades do Japão em Fukushima na terça-feira aprovou um plano por parte do operador da usina nuclear de Fukushima Daiichi para liberar sua água contaminada no Oceano Pacífico.
Após uma reunião de consulta com representantes da operadora da usina, a Tokyo Electric Power Company (TEPCO), e instituições nacionais de pesquisa de energia atômica, os agentes da prefeitura decidiu apoiar o esquema de TEPCO.
"O governador da prefeitura de Fukushima convidou sugestões sobre o plano de descarga de água, e decidiu discutir o assunto na reunião de consulta. A reunião de hoje foi centrada sobre o assunto.Todos os detalhes específicos e aspectos foram confirmados na reunião ", disse Tetsuya Hasegawa, chefe da prefeitura de Vida e Meio Ambiente do Departamento.
TEPCO emitiu um comunicado de duas horas após a reunião que disse que iria começar a despejar os primeiros 560 toneladas de água contaminada na quarta-feira de manhã.
A questão da água contaminada é um dos mais graves problemas enfrentados pela usina nuclear de Fukushima. Desde o desastre desencadeado pelo terremoto na usina em 11 de março de 2013, grandes quantidades de água foram usados ​​para resfriar os reatores nucleares e, assim, criou uma soma incrível de águas residuais contaminadas.
Cerca de 400 toneladas de água contaminada se infiltrou em águas subterrâneas sob a planta, e reservatório de água da usina está quase cheio. Portanto TEPCO propôs um plano para extrair a água contaminada antes transborda no subsolo, e lançá-lo no mar.
Pesquisadores atômicas japonesas testou a água subterrânea na área, e descobriram que a concentração de substâncias radioativas contidas na água manteve-se abaixo dos níveis normais.
TEPCO ficou sob fogo no ano passado depois verificou-se que eles estavam cientes de água radioativa de Fukushima vazando para o mar, mas optou por não divulgar a informação por mais de um mês.
As autoridades de Fukushima disseram que exigiria TEPCO a seguir rigorosamente as normas de segurança conjunto, com um alto grau de transparência.
"Realizar o plano não é a nossa primeira prioridade, e nós não estamos indo para o lançamento do plano, a menos que tenha certeza de que tudo está pronto", disse Naohiro Masuda, representante da TEPCO.
A mudança para despejar a enorme quantidade de água tóxica foi inevitável, TEPCO disse, devido aos grandes volumes de água contaminada edifício para cima e deixando de ser descontaminados e mantido dentro do complexo.

FONTE_
INFOWARS
http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário