27 de mar de 2014

Pátria


"A pátria não se discute, nem se condiciona a acordos e juramentos; está acima dos direitos dos homens. Se for necessário mudam-se as constituições, alteram-se os tratados, mas salva-se a pátria. 
A pátria não se discute porque não se escolhe, como não se escolhe a família em que nascemos; ama-se, defende-se e engrandece-se, à custa da própria vida, se for preciso."
(D. Francisco Rendeiro, Bispo do Algarve, Portugal, em 1961)



Gabriel O Pensador cantando "Filho da Pátria Iludido" :


Vou dizer a minha :
"Amar a Pátria é combater a Nova Ordem Mundial."
(Carlos Cobalto)
http://desatracado.blogspot.com.br/
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário