7 de jan de 2014

FUNERAL MAÇÔNICO


FATO 8 - FUNERAL MAÇÔNICO

Violência.  Os MAÇONS ficam em volta do CAIXÃO DO FALECIDO, LEVAM O RAMO DE  ACÁCIA ATÉ AO NARIZ E O LANÇAM SOBRE O CAIXÃO. Eles fazem isso exatamente como seus irmãos pagãos faziam nos tempos do Antigo Testamento, recebendo a condenação de Deus.                                                                                            Veja:Está escrito - Ezequiel 8:16-18 “E levou-me para o átrio interior da casa do Senhor, e eis que estavam à entrada do templo do Senhor, entre o pórtico e o altar, cerca de vinte e cinco homens, de costas para o templo do Senhor, e com os rostos para o oriente; e eles adoravam o sol [obelisco] virados para o oriente. Então me disse: Vês isto, filho do homem? Há porventura coisa mais leviana para a casa de Judá, (Igreja de Jesus) do que tais abominações, que fazem aqui? (dentro do templo) HAVENDO ENCHIDO A TERRA DE VIOLÊNCIA, tornam a irritar-me; e ei-los a CHEGAR O RAMO (de acácia)  AO SEU NARIZ. Por isso também eu os tratarei com furor; e o meu olho não poupará, nem terei piedade; ainda que me gritem aos ouvidos com grande voz, contudo não os ouvirei”. 
Os ADORADORES DE BAAL atribuíam exatamente o mesmo significado de Vida Eterna ao ramo de acácia que os MAÇONS MODERNOS, e o levavam aos seus narizes. Como o ramo de acácia simbolizava uma FALSIFICAÇÃO PAGÃ DA VIDA ETERNA, DEUS FICOU ENFURECIDO. Seu precioso plano de Salvação estava sendo suplantado por um plano satânico Os maçons cometem o mesmo pecado hoje. Entretanto sua cegueira espiritual e sua ignorância da Bíblia os impedem de ver essa terrível verdade.
Há 2.700 anos Deus já havia revelado a Ezequiel que os que levam o ramo ao nariz ENCHEM A TERRA DE VIOLÊNCIA E CHEGA A IRRITÁ-LO, A PONTO DE NÃO OS OUVIREM, MESMO QUE GRITEM. Os Estados mais “evange-lizados” do Brasil, e com expressiva presença e atuação maçônica, são os mais violentos - Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo - mostrando que mesmo há 2.700 anos a Palavra de Deus continua atual.
Parece piada..., mas os comentaristas da famosa Bíblia de Jerusalém (católica), não sabem interpretar a expressão: “os que levam o ramo ao nariz”... Dizem: "Não é possível definir com segurança o rito ao qual se faz alusão aqui"... (p.1613, da nova edição, revista). É conveniente ficarmos atentos, pois algumas "bíblias" protestantes não fazem menção "ao ramo levado ao nariz", como é o caso da BLH (Bíblia na Linguagem de Hoje).        O Caixão Maçônico é uma Árvore da Vida Sefirot Modificada. Sempre quis saber por que o caixão maçônico é tão diferente de um caixão normal. Por que ele tem duas protuberâncias nos lados esquerdo e direito, se o corpo de uma pessoa no caixão tem seus braços retos para baixo aos lados e não precisa dessas protuberâncias? Colocando um maçom em um caixão no formato da Árvore da Vida Sefirot, a Maçonaria está representando a vida eterna. Logicamente, o Homem Aperfeiçoado, Reto da Maçonaria ["Homens Bons Tornando-se Melhores"] recebe e usa sua Coroa na vida após a morte. Portanto, não há a necessidade de existir o ponto superior da Coroa no caixão maçônico. O irmão maçom falecido levou sua coroa consigo para a morada eterna. A coroa foi substituída nessa ilustração pelo RAMO DE ACÁCIA; há muito tempo a acácia é um símbolo maçônico da Vida Eterna e aparece na ilustração desse caixão exatamente na posição da Coroa da Árvore da Vida.


O Centro Governamental em Washington Foi Projetado Originalmente Como uma Árvore da Vida Sefirot, da Cabala (www.espada.eti.br/n1399.asp)
  http://www.simceros.net
 
 
 
 
 
 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário