2 de set de 2013

Vacinas contra a poliomielite contaminadas com virus de macaco

.









O departamento de saúde americano, Centers for Disease Control and Prevention (CDC) publicou um artigo, mais tarde removido (mas que pode ser visualizado aqui ) onde revela que entre 1955 e 1963, 10 a 30 milhões de americanos poderão ter sido infectados com o virus SV40 proveniente de lotes vacinas contra a poliomielite contaminados.
SV40 é a abreviatura de Virus Símio 40 altamente suspeito de provocar cancro no ser humano. Com efeito, fragmentos desse virus foram recentemente isolados em 33% dos cancros osseos (osteossarcomas) e 60% dos cancros do pulmão (mesoteliomas).
Na década de 1950 foram utilizados rins de macacos rhesus infectados com SV40 para o fabrico de vacinas contra a poliomielite. Apesar de nem todas as vacinas estarem infectadas, estima-se que 10 a 30 milhões poderão assim ter sido contaminadas.
Consta do relatório do CDC que:
- o SV40 é um virus encontrado em algumas espécies de macacos,
- o SV40 foi descoberto em 1960 e logo depois foi encontrado nas vacinas contra a poliomielite,
- o virus SV40 foi encontrado em certos tipos de cancro no ser humano, apesar de não ter sido determinado se é o factor causal,
-  a maioria dos estudos sugere que o SV40 não causa cancro, contudo existem alguns estudos que dizem o contrário, sendo necessário mais investigação,
- actualmente as vacinas contra a poliomielite não contêm SV40 desde 1963,
- nem todas as doses administradas entre 1955 e 1963 continham o SV40, calculas-se contudo que poderão ter sido contaminados 10 a 30 milhões de pessoas.
 
http://octopedia.blogspot.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário