21 de set de 2013

Homem amarra ratos um no outro e joga na porta da Secretaria Municipal de Saúde


Joelton Mota Rodrigues mora ao lado de um terreno onde a vizinha mantém uma pequena criação de animais. Restos alimentares atraiam ratos para a vizinhança

Um protesto causou alvoroço e estranhamento em frente à Secretaria de Saúde da cidade de Várzea do Poço, que fica a 331 quilômetros de Salvador. O morador da cidade, Joelton Mota Rodrigues, amarrou ratos mortos em um bartante e pendurou na porta da Secretaria como forma de cobrar da Vigilância Sanitária a resolução de seu problema.
Joelton mora ao lado de um terreno onde sua vizinha, Lídia Maria cria galinhas, cágados e cachorros. Segundo ele, o quintal estava desorganizado, com entulhos e a presença de restos alimentares e fezes dos animais causa forte odor na vizinhança. Por causa dessa situação, segundo o morador, vários ratos e insetos começaram a aparecer nas residências vizinhas.
Joelton procurou a Vigilância Sanitária da cidade, que notificou a senhora, que limpou o terreno. No entanto, com o retorno da situação, o vizinho voltou a reclamar e recebeu a sugestão de procurar o Ministério Público.
A Vigilância Sanitária de Várzea do Poço vai entrar com uma ação no Ministério Público para conseguir autorização para entrar na casa da mulher e realizar a limpeza do terreno.
http://www.correio24horas.com.br
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário