20 de dez de 2015

MATRIX - O que fazer depois de se perceber dentro da Matrix?

Posted by Semeando Paz on 20.12.15No comments


MATRIX - O que fazer depois de se perceber dentro da Matrix?  

Esse sistema perverso que a gente vive nesse mundo sistematizado, encaixotado, onde pessoas andam balizadas, por ideias, por conceitos, por objetivos, por metas, fixadas em um caminho que não são necessariamente os seus.
Sem perceber, sem saber, existe um fluxo da nossa cultura, esse fluxo da nossa sociedade que nos empurra, e a gente vai sem saber que está indo, sem saber pra onde está indo.
De maneiras diferentes, algumas pessoas, algumas ideias aparecem por aí tentando nos fazer abrir os olhos, pra que a gente enxergue, pra que a gente entenda, pra que a gente perceba que a gente está em movimento.
A ideia aqui não é de se ter como objetivo a pretensão de impor nada, mas apenas que você descubra o seu "caminho", que você enxergue e perceba o teu caminho.
Há muitas pessoas que se sentem muito mal quando se depara com a realidade do que é realmente esse sistema todo, dizendo "que não tem como mudar esse sistema todo" ou que chegou a um ponto irreversível.

Diante dessa Matrix o que nos resta??!!
No próprio filme Matrix existe um personagem alí que trai o movimento que vai contra aquele sistema da Matrix e nessa traição em um dado momento ele diz: "É porque eu quero comer um pedaço de bife, quero ter dinheiro, mesmo sabendo que tudo isso é irreal, mas eu quero ter a sensação de tudo isso."
E de certa maneira em que muitos de nós nesse caminho é que seguimos, eu percebo, eu vejo, me incomoda, mas o que eu vou fazer? 'E se eu parar para pensar nisso a minha vida se torna inviável, então eu prefiro mesma que se percebe que é irreal seguir por esse caminho.'       
E tem outros que percebem e se incomodam e que viram PANFLETÁRIOS e que levantam BANDEIRAS, e que viram extremamente críticos contra tudo e contra todos.
O que eu proponho....é o 'caminho do meio' e do equilíbrio principalmente baseado na certeza de que não vamos mesmo mudar o sistema - o mundo.
Mas o que é o mundo senão o que eu vejo?!
O que é o mundo senão 'Eu'?!

O meu mundo nasceu comigo em uma data - dia/mês/ano, e vai morrer no dia em que eu morrer - (((o meu mundo))). Portanto eu posso mudar quando a partir do momento que eu mudo a minha mente, e é sobre isso que eu falo.
Mudar o sistema, sair por aí gritando que tudo é 'ruim' e que tudo é 'errado' e que nada 'presta', e tem muita gente que faz isso, mas nada disso muda em nada, pelo contrário, isso só piora o seu mundo.
Então se a gente enxerga, se a gente percebe, se a gente quer fazer alguma coisa, comecemos pela nossa mente, isso se pratica no trato com o outro, no olhar com o outro, no olhar com o mundo, no valorizar do outro - é na prática do amor que eu consigo mudar o meu mundo, e quando eu mudo o meu próprio mundo a minha expectativa inteira muda, que o meu mundo sou EU!
Pra que a gente não tenha que ir tão longe, essa é a proposta que quero fazer hoje pra você....a gente fala de um mundo perverso, de um sistema perverso, mas que é a somatória de muitos e muitos mundos, que por acreditar que não dar para mudar permanecem nesse fluxo de maneira inquieta, incomodada de olhos fechados e ainda que seja ilusórios sentindo o prazer de "comer o bife", sem querer abrir os olhos e enxergar o seu mundo, a sua verdade.

Qual é o seu MUNDO? Qual é a sua VERDADE? 

O que você pode fazer para mudar o seu mundo?
Abra os seus olhos! Encha a tua mente, o teu coração, e os seus pensamentos com coisas boas, pratique o AMOR, pratique os relacionamentos, seja próximo, seja perto das pessoas...seja atento em relação ao seu caminho. Mesmo que você que não está andando para lugar nenhum, quando você acha que está parado o fluxo te empurra, portanto nunca estamos parados, a gente sempre está em movimento. 
Você pode escolher qual será o seu movimento ou você pode deixar que a multidão lhe empurre, esse é o caminho da maioria, que é empurrada, que é sugada, que é tragada, que é achatada pela média, e a média e a média não é nada. A média é um volume, a média é uma massa de manobra vulnerável e disponível nas mãos daqueles que conseguem enxergar e tentam dominar esse sistema por meio de marionetes que somos ou que poderemos ou potencialmente somos nós, ou especialmente aqueles que andam sem perceber que estão andando.
Então é isso....não é uma mensagem de desesperança tão pouco de revolta em relação ao que quer que seja, mas é uma proposta de RECONSTRUÇÃO INTERIOR, de NOVO OLHAR, nova perspectiva do seu PRÓPRIO MUNDO, que quando o seu mundo muda, muda todo o resto!!!

Pra encerrar.....sendo bem realista, sistema nenhum a gente consegue mudar, pelo menos esse cultural que a gente vive. Mas o pior caminho do sistema, não é esse que está aí, a pior coisa que pode acontecer é quando ele se instala em você. 
A questão não é o mundo em que você habita, mas a questão é o mundo que habita em você, esse está em suas mãos mudar, e esse está em suas mãos cuidar, e esse está em suas mãos regar, plantar para você colher bons frutos - bom olhar, bons pensamentos, bons tratos e o novo mundo florescer.
Deixo uma pergunta pra você.....VOCÊ ESTÁ DISPOSTO A MODIFICAR ESSE QUE É O ÚNICO MUNDO POSSÍVEL DE MODIFICAR?!                      - FS

http://libertesuamente13.blogspot.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário