12 de out de 2015

A sua energia cria tudo o que acontece em sua vida

Posted by Semeando Paz on 12.10.15No comments


Vocês são seres que fazem a Energia fluir. Tudo que acontece a vocês, e tudo que acontece a cada um que vocês conhecem, acontece por causa da Energia que vocês estão evocando e permitindo, ou não permitindo. Tudo tem a ver com essa relação com a Energia.
Todos que vocês conhecem, que têm experiências que vocês conhecem, estão tendo essas experiências por causa do desejo evidente que suas vidas trouxeram a eles e o estado de permissão ou resistência em que eles estão em todos os momentos.
Vocês podem liberar qualquer doença mortal, agora.
Vocês poderiam ter todas as doenças mortais conhecidas pelo homem e algumas que nem foram imaginadas ainda, vocês poderiam ter todas em seu corpo bem agora – e amanhã elas poderiam não existir mais se, de um dia para o outro, vocês aprendessem como permitir que a Energia flua.
Nós realmente não estamos encorajando saltos quânticos desse tipo; eles são ligeiramente desconfortáveis. O que estamos realmente encorajando é que vocês sejam a cada dia fortes o suficiente para dizerem:
 Nada é mais importante do que eu me sentir bem. E vou encontrar meios de me sentir bem hoje. Vou começar o meu dia meditando e me colocando em alinhamento com minha Energia da Fonte. E enquanto o dia for passando, vou procurar oportunidades de me satisfazer, de modo que durante todo o dia eu esteja novamente na Energia da Fonte.
Se houver uma oportunidade de elogiar, eu vou elogiar. Se houver uma oportunidade de criticar, eu vou manter minha boca fechada e tentar meditar. Se eu me pegar criticando, direi: “vem cá meu gatinho”, vou lhe dar um carinho, e o sentimento vai embora.
Dentro de 30 dias de esforço moderado, vocês podem passar de uma das pessoas mais resistentes do planeta a uma das pessoas menos resistentes do planeta.
E então aqueles que estão observando vocês ficarão surpresos com a quantidade de manifestações que começarão a ocorrer em sua experiência física.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário