23 de nov de 2014

Maldade...........Morre idosa de 79 anos que foi jogada no chão e chutada durante assalto

Posted by Semeando Paz on 23.11.14No comments

Mulher, que era cadeirante, foi agredida no dia 10. Morte foi nesta sexta (21).
Crime aconteceu no Mendes, distrito de São José de Mipibu.

 

Do G1 RN
No dia após as agressões, Alaíde relatou como foi espancada (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
A idosa de 79 anos que foi agredida durante um assalto na manhã do dia 10 passado em São José de Mipibu, na Grande Natal, morreu nesta sexta-feira (21) no hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. A confirmação da morte foi dada pelo delegado de São José, Elói Xavier. No dia do assalto, Alaíde Ferreira Neves da Silva foi espancada após os criminosos só encontrarem R$ 30 na casa dela.

O filho de Alaíde, Joaquim Ferreira Peres, pediu que a polícia mantenha as investigações para localizar e prender os assaltantes. "Acredito que minha mãe morreu por causa das pancadas que ela recebeu dos bandidos. Ela foi covardemente arrastada da sua cama e jogada no chão como se fosse uma coisa qualquer. Recebeu chutes nas costelas, foi pisoteada. Por causa do que eles fizeram com minha mãe, ela está morta e queremos justiça", falou.
No dia 11, em entrevista à Inter TV Cabugi, Alaíde Silva lembrou detalhes da ação dos criminosos. "Me jogou no chão e começou a me chutar com os pés".
A ocorrência registrada na Delegacia de Polícia de São José de Mipibu diz que dois homens chegaram na casa da vítima - um imóvel de taipa que fica na zona rural do município - e a chamaram no portão. Uma neta da idosa abriu a porta e os homens entraram e anunciaram o assalto.
A senhora - que estava deitada - foi jogada no chão e levou chutes dos criminosos. De acordo com a polícia, um dos homens estava armado e o tempo todo pedia o dinheiro do seguro. "Eles quebraram coisas da casa, como copos, pratos, reviraram tudo e encontraram apenas R$ 30", disse o agente de Polícia Civil Wellington Barbosa.  Na delegacia, a família informou que de fato um filho da idosa morreu em 2003 de acidente de carro, mas que ninguém recebeu nenhum seguro.
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informou que a neta da idosa não conseguiu passar as características dos assaltantes e os dois continuam foragidos.

G1
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário