24 de out de 2014

Os Dons da Vida

Posted by Semeando Paz on 24.10.14No comments

Quando nascemos, nascemos com alguns presentes que a vida nos dá, além dela mesma. São qualidades que possuímos e que nos servirão de instrumentos por toda a nossa jornada aqui neste planeta.

Esses dons da vida são “cantados” em vários textos antigos, prosas e poemas. Às vezes de forma clara, às vezes nas entrelinhas, e aqueles que tiverem olhos de ver... verão. Bom, vi estes, mas pode ser que você veja algum outro que eu não consegui ver ainda;

O Dom da Sabedoria – Sabedoria é aquilo que nos diz o que é certo e errado sem que precisamos seguir necessariamente uma lei, ou uma regra escrita. Sabedoria é agir com justiça em cada momento de nossas vidas;

O Dom da Inteligência – Capacidade que temos de aprender e de nos adaptar ao
novo

O Don da Palavra – Considero esse o mais perigoso de todos, pois com uma palavra podemos influenciar, podemos alterar o caminho, ou a vida de uma pessoa, sem se quer nos darmos conta. Esse Don, não é só o Don de abrir a boca e dizermos o que estamos sentindo não, mas o de guiar o outro num caminho seguro, o Don de orientar, de ajudar.

O Dom da Fé – Ter, dentro de nós, a certeza de que tudo está do jeito que tem que estar. O universo e a vida, sempre estão certos, nós é que não conseguimos, muitas vezes, enxergar os caminhos dos acontecimentos, mas temos que ter em nossa consciência que tudo que temos foi atraído por nossas ações, assim é hoje, e assim será no futuro também.

O Dom da Paciência – Saber esperar, saber que as coisas tem o seu tempo, mesmo que ás vezes não coincida com o nosso.

O Dom de Sentir – Sentir não apenas pelos cinco sentidos, mas por todos os sentidos que possuímos e ainda não percebemos.: O sexto, o sétimo, o oitavo... Sentir é quando contra qualquer lei, mesmo a da gravidade, sabemos que algo tem que ser daquele ou de outro jeito. Contra tudo e todos, ou a favor de tudo e todos, a vida nos deu o sentimento.


Por Laísa Boaventura 
http://ninhodasborboletas.blogspot.com.br/
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário