8 de out de 2014

O crime no Brasil compensa

Posted by Semeando Paz on 8.10.14No comments


Voltaire, um precursor do Iluminismo, escreveu sua célebre frase, “Posso não concordar com nenhuma palavra do que você disse, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”. Ele defendia a liberdade de colocar para fora seus pensamentos e por isso foi perseguido.
Estamos vivendo um sentimento ambíguo entre a podação e a livre expressão, pois está arriscado demais falar-se o que pensamos, mas ao mesmo tempo dizemos tudo.
Uma jovem, embalada pela bobice do fanatismo futebolístico teve a infelicidade de chamar o goleiro Aranha de Macaco. Foi repreendida de maneira abusiva (incendiar a casa da moça não é uma boa maneira de correção) pela sociedade e pela justiça.
Fidelix, o nosso candidato à presidência, teve a leveza de falar sobre casamento de pessoas de mesmo sexo de uma maneira nada delicada. Foi chicoteado por todos.
É claro que existe diferença entre opinião e preconceito. Mas como punir uma pessoa por ser ignorante, isso não é culpa apenas do cidadão, mas de sua cultura, de sua educação e agora de seu governo; o pior exemplo desde a exploração à ditadura.
Ouvir os discursos de ódio do ex-presidente Lula contra a Elite, isso também não seria apologia ao crime contra uma classe social, enfiar na cabeça de milhões que os ricos são o mal da nação? Não estaria o mesmo incentivando um preconceito contra uma minoria nesse país que são brasileiros. Precisam ser rotulados?
As pessoas podem ter opiniões sobre seus gostos, seu modo de viver, seus sonhos, mas também deveriam ser processadas quando discursam a favor do PT, pois isso não seria apologia ao crime? Se eu falasse que ‘’eu acho drogas algo maravilhoso’’ isso seria uma opinião minha, mas não seria um preconceito, pois há um conceito sobre as drogas e ela é, comprovada cientificamente, maléfica ao organismo. No caso de defender o PT não seria a mesma situação. Há provas dos fatos, mas a massa quer usar do veneno. Eu não aceito a opinião deles e serei obrigada a inalar suas fumaças. O PT roubou e precisa ser repreendido, não idolatrado.
Eu não sei por que o Brasil quer punir as pessoas preconceituosas, pois elas são tolas ao assunto, o mesmo ocorre com essa reeleição, ela é tão maléfica a nossa cultura quanto uma homofobia, por exemplo. Ensinamos que se um rouba, o outro também pode devolver na mesma moeda (esse é o discurso dos petistas referindo-se aos políticos de outros partidos). Voltaire ficaria muito confuso com nossa sociedade, com uma cultura de ‘’depende’’ de quem é o interlocutor e quem é o insultado.
Não se aceita ensinar a uma sociedade a não imparcialidade, a serem subjetivos e vale tudo pelo individualismo. Para a reeleição vale caluniar, pois não ”dá em nada” e levo um mandato de 4 anos. O estigma da calúnia é eterna na política.
Jamais um país cresceu sendo tão tolerante com um governo negligente. Isso é o maior crime de nossa nação. Brasileiros sejamos críticos e não bajuladores!

http://www.publikador.com
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário