12 de jun de 2014

Mulher é estuprada por 3 policiais em delegacia da Índia

Posted by Semeando Paz on 12.6.14No comments

Um dos suspeitos foi preso, mas os outros dois fugiram. Vítima foi à delegacia atrás de notícias de seu marido, que estava detido por porte de arma

Manifestantes protestam contra os seguidos estupros contra mulheres na Índia
Manifestantes protestam contra os seguidos estupros contra mulheres na Índia (Adnan Abidi/Reuters)
Uma mulher que procurava notícias sobre seu marido, detido por porte de arma, foi estuprada por três policiais em uma delegacia do estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, informou nesta quinta-feira a imprensa local. O estupro ocorreu na madrugada de ontem em uma delegacia do distrito de Hamirpur, onde a vítima pretendia ter notícias sobre seu marido após inúmeras tentativas. Durante a madrugada, a vítima foi chamada por um oficial da polícia local, Rahul Pandey, para conversar sobre a detenção de seu marido e acabou sendo estuprada pelo agente e outros dois policiais.

Após a ação, que teria se estendido por duas horas, os oficiais arrastaram a mulher até uma esquina próxima. Depois de liberá-la, os agentes também soltaram o marido. Os dois registraram queixa perante o superintendente da polícia do distrito, reporta o jornal local Hindustan Times. O jornal confirmou a prisão de Pandey, mas os outros dois agentes conseguiram fugir. “Demos proteção total à mulher e estamos fazendo tudo o que podemos para capturar os dois fugitivos”, acrescentou o superintendente de Hamirpur, V.K. Shekhar.
O caso de abuso sexual na delegacia acontece em meio aos recentes estupros e enforcamentos registrados no estado de Uttar Pradesh. Nesta quinta, uma adolescente de 16 anos foi encontrada enforcada após ter sofrido abusos. É a quinta vítima deste tipo de crime nas últimas duas semanas.
Diante das crescentes críticas à falta de segurança para as mulheres, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, disse ontem que a proteção da mulher deve ser uma prioridade no país. “Respeitar e proteger às mulheres deve ser uma prioridade para todas as pessoas deste país”, declarou o premiê recém empossado.


Modi se referiu à violência contra a mulher na Índia em seu discurso ao Parlamento nacional para expor suas linhas de governo, transmitido pela TV local. O chefe de governo indiano pediu que deixassem “de analisar a psicologia que há por trás de cada estupro”, após uma série de comentários que definiu como “inapropriados” por parte de diferentes políticos sobre as causas da violência contra a mulher na Índia.
(Com agência EFE)
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário