30 de mar de 2014

Do mesmo modo funciona a massa: obedece cegamente às regras do sistema





Na música “Admirável Gado Novo” do cantor Zé Ramalho, observa-se uma profunda crítica ao sistema que faz o mundo funcionar: o capitalismo, com ênfase na desigualdade social. Na primeira estrofe, os versos mostram uma população que faz mais do que o necessário para receber em troca disso, algo insuficiente como, por exemplo, o precário sistema de saúde pública do nosso país que nem sempre atende às nossas necessidades.
A palavra “massa” indica a grande parte da população que sofre a pior consequência do capitalismo que tem como maior resultado a desigualdade social: os ricos ficando mais ricos e os pobres ficando mais pobres. Também se pode observar, no final da estrofe, que o capitalismo já está velho e obsoleto, o que sugere uma mudança radical no sistema para melhorar a vida dessas pessoas. Na segunda estrofe da música, observa-se a opressão, a ditadura, a censura. O sistema monitora tudo que será apresentado para a população para que a ela, ou “massa”, não tenha conhecimento dos podres, não crie um pensamento crítico, e, assim, não se manifeste contra o sistema.
A terceira estrofe mostra a reação do povo. A tentativa de fugir da ignorância, os sonhos tão impossíveis de serem alcançados e a esperança de um futuro melhor. Porém, há as barreiras impostas por quem tem mais condições financeiras. O trecho ”Contemplam essa vida, numa cela”, sugere o fato da grande parte da massa assistir a vida passar e não fazer nada para tentar melhorar essa situação, apenas esperando um evento grandioso como A Arca de Noé para poder ter uma chance de começar uma nova vida.
Por fim, tem-se o refrão, que nos faz refletir sobre a parte da população que vive na escravidão mental, que sabe apenas receber ordens, que não consegue dar um destino a própria vida e, por isso, é um povo marcado, porque um gado marcado é aquele que tem dono e que obrigatoriamente obedece ao dono, sem ter opção porque vive em cercados. Do mesmo modo funciona a massa: obedece cegamente às regras do sistema..
Abraço!
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário