7 de fev de 2014

90 mil vão pagar alta do IPTU acima da inflação em São Paulo

Alta de impostos convive com baixo retorno. Imagem: J. Bosco
Os carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) estão chegando nas residências dos contribuintes paulistanos, e pelo menos 90 mil pessoas vão tomar um susto ao abri-lo. 
O reajuste de 5,6% no valor venal desses imóveis -um dos números usados no cálculo do imposto- fez com que eles perdessem isenção ou descontos, pois a tabela com as faixas que possibilitam esses benefícios não passou por revisão. 
Assim, segundo a prefeitura, cerca de 58 mil imóveis começam a pagar o imposto neste ano, e outros 32 mil perdem o desconto e passam a pagar o valor integral. 
Esses 90 mil imóveis que terão aumento acima da inflação representam 3% dos 3 milhões de contribuintes. 
A Folha conseguiu detectar casos em que o imposto de todos os imóveis de um edifício na zona central da capital paulista tiveram um reajuste de quase 50% -índice semelhante a outros aumentos registrados na região sul de São Paulo.

Com trecho de Eduardo Geraque, do "Agora"
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário