28 de ago de 2013

Necrofilia: Estupro mais bizarro dos últimos tempos


Por: Bruna Carneiro

Homem viola sepultura e estupra corpo de idosa, de 82 anos, enterrado há 7 dias

O estupro conhecido como sendo o mais bizarro dos últimos tempos aconteceu no distrito de Sucesso, no município de Tamboril, no Ceará, e chocou toda a cidade. Três homens violaram a sepultura de uma idosa de 82 anos, enterrada há sete dias, e um deles estuprou a defunta.

João Paulo, como é conhecido o estuprador, teve a ajuda de dois amigos, Fabinho e Carlinhos. De acordo com ele, foram os comparsas que tramaram o crime mas o estupro foi cometido por ele mesmo. Além de estuprar dona Gonçala, o estuprador confessou que também beijou na boca e fez sexo oral.

Testemunhas relataram que os homens pularam o muro do cemitério, tiraram o caixão de dentro da cova e praticaram o crime naturalmente. Pouco depois o estuprador, João Paulo, foi para um bar e pediu uma cachaça para comemorar, mas assim que atingiu o estado de embriaguez ele começou a relatar o crime sem demonstrar culpa alguma.

A família da defunta soube do estupro depois que o coveiro do cemitério avisou ao neto da idosa que o caixão tinha sido violado. A idosa, que era cega há mais de 30 anos e morreu vítima de câncer, foi encontrada jogada no chão e com o corpo totalmente despido. Ela teve o pescoço e os braços quebrados, além de muito sangramento na região da vagina.

Segundo o estuprador, ele sentiu 'desejo' pela senhora e se sentiu 'excitado' quando viu Dona Gonçala.

Veja o video: 


 Fonte: Dm.com
 Via: Revellati online
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário