18 de jul de 2013

Para a Bolívia, o Brasil é um grandalhão medroso que reage a afrontas com outro gesto de carinho e o sorriso dos palermas


Disfarçado de Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa, o polivalente Celso Amorim divulgou nesta tarde os seguintes ─ aspas obrigatórias ─ “esclarecimentos”.
A propósito de informações veiculadas na edição de hoje (16/07) do jornal Valor Econômico, na matéria intitulada “Bolívia revistou avião de Amorim em busca de opositor”, o Ministério da Defesa esclarece o seguinte:
1 ─ Não procede a informação de que o avião da FAB utilizado nesta viagem oficial, no dia 3 de outubro de 2012, foi vistoriado por autoridades bolivianas no aeroporto de Santa Cruz de La Sierra;
2 ─ Houve, no segundo semestre de 2011, ações por parte de autoridades bolivianas que configuraram violações de imunidade de aeronaves da FAB, uma delas envolvendo o avião que levou o ministro da Defesa em viagem oficial a La Paz no final de outubro de 2011;
3 ─ O ministro da Defesa brasileiro nunca autorizou tal vistoria;
4 ─ Os episódios ocorridos em 2011 foram objeto de nota de reclamação encaminhada pela embaixada do Brasil em La Paz à chancelaria boliviana;
5 ─ No documento, a embaixada informou que a repetição de tais procedimentos abusivos levaria à aplicação, pelo Brasil, do princípio da reciprocidade;
6 ─ Desde o envio da nota, a FAB não registrou novos episódios de vistorias em suas aeronaves por autoridades bolivianas.
Tradução: Amorim jura que não foi agora que o governo de Evo Morales ordenou à polícia que desse uma geral no avião que o transportava. A humilhação ocorreu em 2011, garante. Num rasgo de bravura, o Pintassilgo do Planalto deixou claro que não foi ele quem determinou a revista (nem a entrada de cães farejadores estrangeiros no jato da FAB). De volta ao lar, o ministro que comanda as Forças Armadas pediu que o embaixador em La Paz comunicasse ao presidente Morales que ficara muito triste com a vistoria.
(Lula vivia dizendo que seus ministros jamais tirariam os sapatos na alfândega americana. Esqueceu de recomendar-lhes que não ficassem de quatro em aeroportos de países vizinhos).
A notícia confirmada pelo jornal Valor (e detalhada pelo próprio Amorim) acrescentou mais um andor vergonhoso à procissão de afrontas iniciada em maio de 2006, quando os bolivarianos do leste expropriaram os ativos da Petrobras e sugeriram ao Planalto que se queixasse ao bispo.
De lá para cá, entre outros abusos, o companheiro Morales elevou unilateralmente o preço do gás fixado no contrato com o Brasil, trancafiou numa cela 12 torcedores corintianos, soltou sete depois de 100 dias, mantém cinco presos sem acusação formal, ignora sistematicamente as cláusulas dos acordos para a proteção das fronteiras, vive amedrontando investidores brasileiros e se recusa a permitir que o senador oposicionista Roger Pinto Molina, asilado há mais de um ano na embaixada em La Paz, embarque rumo a Brasília.
Desde a chegada de Evo Morales ao poder, o Brasil é tratado como um grandalhão medroso que se ajoelha ao som do primeiro grito. “Devemos ser generosos com a Bolívia, é um país muito sofrido”, recitava Lula a cada insulto. Dilma prefere ser humilhada em silêncio. Com Antonio Patriota no comando do Itamaraty, o Planalto decidiu que é melhor apanhar sem contar a ninguém.  A cada pancada desferida pelo Lhama-de-Franja, o governo lulopetista revida com mais um gesto de carinho e o sorriso inconfundível dos palermas.

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/


Reações:

Um comentário:

  1. quem gosta de incentivar vilencia é o diabo
    embora quem esta ditando paz é o espirito do anticristo

    DEus diz havaera guerra o anticristo vamos decretar paz
    Deus diz havera peste o anticristo temos a cura
    Deus diz havera fome o anticristo nós temos como saciar
    Deus diz seguirão os mentirosos o anticristo diz somos a verdade
    Deus diz acreditarão em doutrinas de homens o anticristo diz segue-me eu tenho o caminho certo

    Deus diz o amor esfriara o anticristo diz para que amar se ninguem ama

    Deus diz o mundo estar perdido a natureza morrera os filhos contra pais

    o anticristo diz faremos uma nova ordem onde todos serao iguais os direitos iguais e todos serçao guiados por um só homem


    e todos aplaudem e preparam op caminho para o antricristo deixando de lado a palvra de Deus um mundo facil onde todos seraõ felizes junto com o diabo no inferno

    JU ME PERDOE POR ESSS PALVRAS MAS QUEM ANALISAR PENSE BEM
    AONDE DEUS DISSE QUE HAVERIA COISA BOA NO FINAL DO TEMPO ???

    MATEUS 24
    3 E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?
    4 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;
    5 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.
    6 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
    7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
    8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

    9 Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
    10 Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.
    11 E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
    12 E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
    13 Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.
    14 E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.


    JUUU SE É O PRINCIPIO DAS DORESCOMO SERA O FIM QUEM QUER UM MUNDO DIFERENTE DESSE É SATANAS E SEUS SEGUIDIRES POIS ESTÃO INDO AO CONTRARIO DA PALAVRA DE JESUS

    QUEM TEM OUTRA INTERPRETAÇÃO ????

    JU VOCE É INTELIGENTE PENSE NISSO OK

    SOU SOMENTE UM ZÉ DA VIDA MAS QUEM CREU NA NOSSA PREGAÇÃO??

    ResponderExcluir