28 de jul de 2013

Menina chinesa de 11 anos carrega feto parasita de irmã gemea não nascida nas costas

20 casos semelhantes já foram registrados na China. Esta menina chinesa de 11 anos tem um feto incrustado e que se sobressai em suas costas. Trata-se, obviamente, do feto não-nascido de uma irmã gêmea, que sobrevive como um parasita de seu corpo. Os pais foram avisados desde que ela nasceu acerca dessa má-formação.
Desde então, juntaram dinheiro para que pudessem custear a cirurgia quando chegasse a hora. Agora, o feto parasito atingiu um tamanho tão grande que começou a prejudicar a saúde da menina, chamada Yin Xin, nascida no povoado de Chanzhi, na província de Shanxi. "Tudo que se podia ver dessa má-formação a princípio era o seu braço. Porém agora está tomando cada vez mais a forma de m corpo humano. O braço, o barriga e inclusive a bundinha do feto podem ser observados", relatam os pais. Nos próximos dias, a pequena Yin será submetida a uma série de exames para que os médicos verifiquem a melhor forma de extraium porta-voz da equipe médica, "a anormalidade já trouxe muitos problemas para Yin Xin. Ela tem 11 anos, mas mede apenas 1,11 m. Além disso, seus ombros e suas costas estão deformados por causa do feto parasita." Mas estamos confiantes de que a cirururgia terá êxito e que ela será capaz de desenvolver uma vida relativamente normal depois da operação 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário