20 de jul de 2013

Forte onda de frio vindo ao Brasil

Forte onda de frio “invade” o Brasil nos próximos dias; Confira e compartilhe o que pode vir por aí!

Foto: Forte onda de frio “invade” o Brasil nos próximos dias; Confira e compartilhe o que pode vir por aí!

A sinalização de incursão de uma forte massa de ar frio polar, a terceira em menos de dez dias sobre parte do Brasil, de fato deve se concretizar, segundo as recentes atualizações dos modelos numéricos (GFS, ECMWF, ETA, MBAR, BRAMS, MCGA, T126L28 e WRF) e análises de meteorologistas de órgãos oficiais.

O segundo pulso de ar gelado que ingressou do Polo Sul provocou nos últimos dois dias, temperaturas impressionantes -20°C no sul da Argentina e do Chile, além de intensificar a precipitação de neve acumulativa em várias regiões de ambos os países.

Com o deslocamento de um intenso Cavado (área alongada de baixa pressão atmosférica) em níveis médios (aproximadamente cinco mil metros), a janela para a possibilidade de neve aumenta no Sul do Brasil nos próximos dias. Além do reforço do ar polar, que por sinal, será muito expressivo, com a umidade e a nebulosidade gerada por este Cavado, a chance de nevar aumenta bastante, até com taxas acumulativas em alguns setores.

As simulações numéricas indicam a possibilidade de neve, principalmente na segunda-feira (22), em cidades do centro, norte e nordeste do Rio Grande do Sul, oeste, meio-oeste, planalto sul e planalto norte de Santa Catarina e no sul, sudoeste e centro-sul do Paraná. Em regiões onde o fenômeno é mais comum de ser registrado, principalmente na serra catarinense, a possibilidade é maior.

Alguns modelos insistem em chance elevada de neve no centro-sul do Paraná, além da Grande Curitiba, o que por momento é visto com cautela pelos meteorologistas, mas como na meteorologia quem comanda é a Mãe Natureza e não computador, tudo é possível!

A força do ar polar que entra no Brasil no inicio da próxima semana deve derrubar as temperaturas de forma expressiva no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além de parte da Região Norte, com a configuração do fenômeno da friagem.

Há sinalização para a ocorrência de geada forte à severa, além de geada negra (geada acompanhada de vento frio intenso) em boa parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, além de geada moderada à forte em áreas de Mato Grosso do Sul, São Paulo, sul de Minas Gerais e região de serras do Rio de Janeiro, principalmente entre terça e quarta-feira e quinta-feira (25).
Diante do vasto cenário de possibilidades indicado pelos modelos numéricos veja o que é esperado para cada estado afetado pelo ar polar.

- Rio Grande do Sul
- Possibilidade de neve entre domingo e segunda-feira em cidades do centro, norte e nordeste do estado;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de Uruguaiana, Bagé, Santa Maria, Santa Rosa, Canela, Erechim, Passo Fundo, Vacaria e Cambará do Sul;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -3°C e -6°C em cidades da serra gaúcha, com geada severa;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Porto Alegre entre -1°C e 2°C;

- Santa Catarina
- Possibilidade de neve entre domingo, segunda-feira e a madrugada de terça-feira em cidades do oeste, meio-oeste, planalto sul e planalto norte do estado;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de São Miguel o Oeste, Chapecó, Caçador, Curitibanos, Lages, Ituporanga e São Joaquim;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -5°C e -10°C em cidades do planalto sul catarinense, com geada severa sobre as regiões de Lages, Painel, São Joaquim Urupema, Urubici, Bom Retiro e Bom Jardim da Serra;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Florianópolis entre 2°C e 4°C;

- Paraná
- Possibilidade de neve entre domingo, segunda-feira e a madrugada de terça-feira em cidades do sul, sudoeste e centro-sul do estado;
- Possibilidade de neve em áreas da Região Metropolitana de Curitiba na segunda-feira;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de Foz do Iguaçu, Cascavel, Francisco Beltrão, Pato Branco, Palmas, Irati, Guarapuava, Castro, Ivaí, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Maringá, Londrina, Campo Mourão, Umuarama e Paranavaí;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -3°C e -6°C em cidades do sul e centro-sul, com geada severa sobre as regiões de Palmas, General Carneiro, União da Vitória, Rio Azul, Palmeira, Prudentópolis e Guarapuava;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Curitiba entre -4°C e 0°C;

- São Paulo
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Presidente Prudente, Tupã, Assis, Marília, Ourinhos, Avaré, Botucatu, Itapeva, Sorocaba, Itapetininga, Piracicaba, São Carlos, Araraquara, Bauru, Jaú, Campinas, Mairiporã, Taubaté, São José dos Campos e Campos do Jordão;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Assis, Ourinhos, Avaré, Botucatu, Itapeva, Apiaí, Piracicaba e Campos do Jordão;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em São Paulo entre 3°C e 5°C;

- Rio de Janeiro
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre terça, quarta e quinta-feira (25) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Resende, Nova Friburgo e Petrópolis;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Resende (Parque Nacional do Itatiaia) e região serrana;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima no Rio de Janeiro entre 13°C e 16°C;

- Minas Gerais
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre terça, quarta e quinta-feira (25) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sudoeste, centro-sul e sul do estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Maria da Fé, Barbacena, Extrema, Pouso Alegre, Itajubá, Três Corações, Alfenas, Poços de Caldas e Pouso Alto;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre quarta-feira e quinta-feira (25) em cidades das regiões de Maria da Fé, Poços de Caldas, Pouso Alegre e Itajubá;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Belo Horizonte entre 10°C e 15°C;

- Mato Grosso do Sul
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre domingo e segunda-feira (22) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Porto Murtinho, Bela Vista, Bonito, Ponta Porã, Amambaí, Sete Quedas, Naviraí, Dourados, Sidrolândia, Ivinhema e Itaquiraí;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça, quarta-feira e quinta-feira (25) em cidades das regiões de Porto Murtinho, Bela Vista, Bonito, Ponta Porã, Amambaí, Sete Quedas, Naviraí, Dourados, Sidrolândia, Ivinhema e Itaquiraí;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Campo Grande entre -1°C e 3°C;

- Mato Grosso
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no oeste, sudoeste, sul e centro-oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 5°C e 8°C em cidades das regiões de Cáceres, Comodoro, Tangará da Serra, Cuiabá, Poxoréo, Rondonópolis, Taquari e Alto Taquari;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Cuiabá entre 8°C e 10°C;


- Goiás
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul e centro-sul do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 4°C e 7°C em cidades das regiões de Mineiros, Jataí e Rio Verde;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Goiânia entre 9°C e 12°C;


- Rondônia 
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul, centro e oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 10°C e 12°C em cidades das regiões de Vilhena, Cabixi e Costa Marques;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Porto Velho entre 13°C e 16°C;


- Acre
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul, centro e oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 10°C e 12°C em cidades das regiões de Epitaciolândia, Rio Branco e Xapuri;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Rio Branco entre 10°C e 12°C;

(Fonte: De Olho No Tempo – Meteorologia)

Para conferir dados de previsão de tempo e aviso meteorológico oficial consulte o Inmet (www.inmet.gov.br) e o Cptec/Inpe (www.cptec.inpe.br), que são órgãos oficiais responsáveis por este tipo de informação. Já para alerta meteorológico consulte a Defesa Civil de sua região.


Curta www.facebook.com/deolhonotempometeorologia e acompanhe as informações sobre o tempo no Brasil e mundo afora. 
Envie fotos de sua cidade para contato@deolhonotempo.com.br (Tamanho padrão 960x...)

A sinalização de incursão de uma forte massa de ar frio polar, a terceira em menos de dez dias sobre parte do Brasil, de fato deve se concretizar, segundo as recentes atualizações dos modelos numéricos (GFS, ECMWF, ETA, MBAR, BRAMS, MCGA, T126L28 e WRF) e análises de meteorologistas de órgãos oficiais.

O segundo pulso de ar gelado que ingressou do Poóo Sul provocou nos últimos dois dias, temperaturas impressionantes -20°C no sul da Argentina e do Chile, além de intensificar a precipitação de neve acumulativa em várias regiões de ambos os países.

Com o deslocamento de um intenso Cavado (área alongada de baixa pressão atmosférica) em níveis médios (aproximadamente cinco mil metros), a janela para a possibilidade de neve aumenta no Sul do Brasil nos próximos dias. Além do reforço do ar polar, que por sinal, será muito expressivo, com a umidade e a nebulosidade gerada por este Cavado, a chance de nevar aumenta bastante, até com taxas acumulativas em alguns setores.

As simulações numéricas indicam a possibilidade de neve, principalmente na segunda-feira (22), em cidades do centro, norte e nordeste do Rio Grande do Sul, oeste, meio-oeste, planalto sul e planalto norte de Santa Catarina e no sul, sudoeste e centro-sul do Paraná. Em regiões onde o fenômeno é mais comum de ser registrado, principalmente na serra catarinense, a possibilidade é maior.

Alguns modelos insistem em chance elevada de neve no centro-sul do Paraná, além da Grande Curitiba, o que por momento é visto com cautela pelos meteorologistas, mas como na meteorologia quem comanda é a Mãe Natureza e não computador, tudo é possível!

A força do ar polar que entra no Brasil no inicio da próxima semana deve derrubar as temperaturas de forma expressiva no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além de parte da Região Norte, com a configuração do fenômeno da friagem.

Há sinalização para a ocorrência de geada forte à severa, além de geada negra (geada acompanhada de vento frio intenso) em boa parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, além de geada moderada à forte em áreas de Mato Grosso do Sul, São Paulo, sul de Minas Gerais e região de serras do Rio de Janeiro, principalmente entre terça e quarta-feira e quinta-feira (25).
Diante do vasto cenário de possibilidades indicado pelos modelos numéricos veja o que é esperado para cada estado afetado pelo ar polar.

- Rio Grande do Sul
- Possibilidade de neve entre Domingo e segunda-feira em cidades do centro, norte e nordeste do estado;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em Grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de Uruguaiana, Bagé, Santa Maria, Santa Rosa, Canela, Erechim, Passo Fundo, Vacaria e Cambará do Sul;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -3°C e -6°C em cidades DA serra gaúcha, com geada severa;
- Possibilidade de ressaca em boa parte DA orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Porto Alegre entre -1°C e 2°C;

- Santa Catarina
- Possibilidade de neve entre Domingo, segunda-feira e a madrugada de terça-feira em cidades do oeste, meio-oeste, planalto sul e planalto norte do estado;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em Grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de São Miguel o Oeste, Chapecó, Caçador, Curitibanos, Lages, Ituporanga e São Joaquim;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -5°C e -10°C em cidades do planalto sul catarinense, com geada severa sobre as regiões de Lages, Painel, São Joaquim Urupema, Urubici, Bom Retiro e Bom Jardim DA Serra;
- Possibilidade de ressaca em boa parte DA orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Florianópolis entre 2°C e 4°C;

- Paraná
- Possibilidade de neve entre Domingo, segunda-feira e a madrugada de terça-feira em cidades do sul, sudoeste e centro-sul do estado;
- Possibilidade de neve em áreas DA Região Metropolitana de Curitiba na segunda-feira;
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada ampla e geada forte em grande parte do estado, com risco de geada negra em diversas cidades;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura em todo o estado, entre segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira, principalmente sobre as regiões de Foz do Iguaçu, Cascavel, Francisco Beltrão, Pato Branco, Palmas, Irati, Guarapuava, Castro, Ivaí, Ponta Grossa, Telêmaco Borba, Maringá, Londrina, Campo Mourão, Umuarama e Paranavaí;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima entre -3°C e -6°C em cidades do sul e centro-sul, com geada severa sobre as regiões de Palmas, General Carneiro, União da Vitória, Rio Azul, Palmeira, Prudentópolis e Guarapuava;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Curitiba entre -4°C e 0°C;

- São Paulo
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre segunda e terça-feira em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Presidente Prudente, Tupã, Assis, Marília, Ourinhos, Avaré, Botucatu, Itapeva, Sorocaba, Itapetininga, Piracicaba, São Carlos, Araraquara, Bauru, Jaú, Campinas, Mairiporã, Taubaté, São José dos Campos e Campos do Jordão;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Assis, Ourinhos, Avaré, Botucatu, Itapeva, Apiaí, Piracicaba e Campos do Jordão;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em São Paulo entre 3°C e 5°C;

- Rio de Janeiro
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre terça, quarta e quinta-feira (25) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Resende, Nova Friburgo e Petrópolis;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Resende (Parque Nacional do Itatiaia) e região serrana;
- Possibilidade de ressaca em boa parte da orla do estado e vento forte de sudeste no litoral;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima no Rio de Janeiro entre 13°C e 16°C;

- Minas Gerais
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre terça, quarta e quinta-feira (25) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sudoeste, centro-sul e sul do estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre quarta e quinta-feira em cidades das regiões de Maria da Fé, Barbacena, Extrema, Pouso Alegre, Itajubá, Três Corações, Alfenas, Poços de Caldas e Pouso Alto;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre quarta-feira e quinta-feira (25) em cidades das regiões de Maria da Fé, Poços de Caldas, Pouso Alegre e Itajubá;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Belo Horizonte entre 10°C e 15°C;

- Mato Grosso do Sul
- Possibilidade de sensação térmica de muito frio entre domingo e segunda-feira (22) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul em todo o estado;
- Possibilidade de geada moderada à forte entre terça e quarta-feira (24) em cidades das regiões de Porto Murtinho, Bela Vista, Bonito, Ponta Porã, Amambaí, Sete Quedas, Naviraí, Dourados, Sidrolândia, Ivinhema e Itaquiraí;
- Possibilidade de marcas negativas de temperatura entre terça, quarta-feira e quinta-feira (25) em cidades das regiões de Porto Murtinho, Bela Vista, Bonito, Ponta Porã, Amambaí, Sete Quedas, Naviraí, Dourados, Sidrolândia, Ivinhema e Itaquiraí;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Campo Grande entre -1°C e 3°C;

- Mato Grosso
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no oeste, sudoeste, sul e centro-oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 5°C e 8°C em cidades das regiões de Cáceres, Comodoro, Tangará da Serra, Cuiabá, Poxoréo, Rondonópolis, Taquari e Alto Taquari;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Cuiabá entre 8°C e 10°C;

- Goiás
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul e centro-sul do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 4°C e 7°C em cidades das regiões de Mineiros, Jataí e Rio Verde;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Goiânia entre 9°C e 12°C;
- Rondônia
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul, centro e oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 10°C e 12°C em cidades das regiões de Vilhena, Cabixi e Costa Marques;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Porto Velho entre 13°C e 16°C;
- Acre
- Possibilidade de sensação térmica de frio entre terça e quarta-feira (24) em virtude do tempo nublado e do vento mais forte de sul no sul, centro e oeste do estado;
- Possibilidade de temperatura mínima entre 10°C e 12°C em cidades das regiões de Epitaciolândia, Rio Branco e Xapuri;
- Possibilidade de extremos de temperatura mínima em Rio Branco entre 10°C e 12°C;

(Fonte: De Olho No Tempo – Meteorologia)

Para conferir dados de previsão de tempo e aviso meteorológico oficial consulte o Inmet (www.inmet.gov.br) e o Cptec/Inpe (www.cptec.inpe.br), que são órgãos oficiais responsáveis por este tipo de informação. Já para alerta meteorológico consulte a Defesa Civil de sua região.

Fonte: http://horizontenews.blogspot.pt/ 
 
http://issoeofim.blogspot.com.br/
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário