28 de jul de 2013

98 milhões de americanos foram contaminados com vírus causador do Câncer através da vacina contra poliomielite


Os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) admitiu que vacinou 98 milhões de americanos com um vírus causador de câncer.

A informação foi divulgada em um artigo oficial do CDC intitulado Cancer, Simian Virus 40 (SV40) and Polio Vaccine, o qual já foi removido do site do CDC. Felizmente, a RealFarmacy.com foi capaz de arquivar a página condenatória antes do CDC, finalmente, ter removido, presumivelmente porque o SV40 tem recebido atenção considerável nos últimos tempos devido à sua ligação com o surgimento de câncer.

Você pode ver a página da CDC completa arquivada aqui.

Embora a CDC negue uma relação causal definitiva entre SV40 e câncer, ela implica que o vírus, que supostamente foi removido de todas as vacinas contra a poliomielite, em 1963, foi problemático em relação ao desenvolvimento do câncer. Mais de 98 milhões de pessoas, na verdade, podem ter sido expostas ao SV40 como uma consequência da recepção de vacinas da poliomielite recomendadas pelo governo na década de 1960, e muitos deles podem ter desenvolvido câncer como resultado.

"Mais do que 98 milhões de americanos receberam uma ou mais doses de vacina contra a poliomielite entre 1955-1963 quando uma proporção da vacina estava contaminada com SV40," explica o CDC. "Tem sido estimado que 10 a 30 milhões de americanos poderiam ter recebido uma dose de vacina contaminada com SV40."

"Muitas autoridades já admitem que muitos, possivelmente a maioria, dos casos de câncer do mundo vieram das vacinas Sabin e Salk, e vacinas da hepatite B, produzidas em macacos e chimpanzés", acrescenta RealFarmacy.com. "Diz-se que a mesotelioma é um resultado da exposição ao amianto, mas a pesquisa revela que 50 por cento dos mesoteliomas atuais sendo tratados não ocorrem devido ao amianto, mas devido ao vírus SV40 contido na vacinação contra a poliomielite."

Fonte: Natural News
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário