A maçonaria criou o Adventismo

O criador do adventismo, William Miller, era maçom Grau nº 33, no Rito Escocês. Não só isso, mas foi também Grão-Mestre da Morning Star Lodge No. 27, Poultney, Vermont, EUA .Está documentado o Sr. Miller assistiu pelo menos uma reunião Loja Maçônica Aurora em Hampton, em janeiro de 1793. Sabe-se que se juntou oficialmente a Maçonaria não antes de 1810. E ele deixou a organização em 1833, uma semana antes de começar sua pregação adventista.  Todo o círculo  interior e fora do adventismo sabia disso. Mesmo em sua biografia "Memoirs of William Miller", escrito por seu amigo pessoal Sylvester Bliss , isso foi publicado em 1853. O seu círculo interno depois de sua morte não só é impossível que eles não soubessem disso, mas de modo algum mostraram preocupação em se reunirem com um Grão-Mestre da Maçonaria como Miller. Curiosamente, bem na época que ela nasceu o Adventismo do ministério de Miller (1930), houve nos Estados Unidos da América um fortes eventos anti-maçônicos liderados por William Morgan, que desapareceu misteriosamente em Nova York depois de revelar segredos da Maçonaria. O Partido Anti-Maçônico foi formado e começou a ganhar muito poder,  mesmo nessa parte  Nordeste os EUAonde estão Nova York e Vermont. Voltando ao mesmo lugar onde viveu,  Miller, tanto que em 1932, um candidato do Partido Anti-Maçônico de Vermont ganhou a eleição. Portanto, temos amplo espaço e razão para suspeitar que William Miller criou o adventismo nesse tempo e lugar, ou seja, especulando que era uma maneira de esconder a alvenaria ocultista com um casaco de Religioso: O adventismo. Não estou sem evidência ou razão para dizer: "A Maçonaria criou o adventismo."

Aqui a prova: O livro "A estranha obra de Deus, William Miller e o Fim do Mundo", de David L. Rowe, página 27, diz: "Quase imediatamente, os Miller entraram no que Hale chamou de " sociedade de uma classe superior de homens "em políticas relacionadas aos padrões de Hampton. A loja maçônica levou a contatá-los... Na juventude ele havia participado de pelo menos uma reunião maçônica, provavelmente na Aurora Lodge, realizada em Hampton, em janeiro de 1793, mas em Poultney onde Miller tornou-se membro, juntando-se a Loja Estrela da Manhã e, eventualmente chegando ao posto Grand Master ". O "Memórias de William Miller", escrito por Sylvester Bliss, páginas 21 e 22, diz: "Foi aqui que o Sr. Miller tornou-se um membro da fraternidade maçônica, em que a sua perseverança, mais se manifestou: para que avançasse para o nível mais elevado que as lojas do município ou na região, pudessem conferir ".

 
           Obelisco maçon – iluminati na  tumba de Ellen G. White
                                                   


                                                    
O Obelisco,  o falo de Osiris tambem presente nos monumentos de notáveis adventistas como John Nevins.
http://breachrepairers.webs.com/apps/photos/photo?photoid=102590514

John Nevins Andrews foi  membro da  Igleja Adventista do Sétimo Día,
ministro, missionário, escritor, editor e estudioso. Foi um dos
autores mais destacados e eruditos de sua época na Igreja Adventista.

http://es.wikipedia.org/wiki/John_N._Andrews

Ricardo de la Cierva diz que "todos os maçons de grau 33 são satãnicos"

Mas afirma que os maçons de graus inferiores não tem necessariamente que serem satânica, pois ficam sem saber o objetivo final desta sociedade secreta.

O historiador Ricardo de la Cierva, um maiores  especialistas de renome e de renome mundial da Maçonaria, acaba de terminar sua mais recente pesquisa que demonstra a clara ligação dos maçons de grau 33 com o satanismo, o maior grau desta sociedade secreta.

De la
Cierva diz que "nem todos os maçons são satânicas ou malignos, mas todos os de grau 33 são pedreiros satânicos."

Após anos de pesquisa exaustiva, de la Cierva descobrir uma conexão que até agora estava nebuloso, e que não eram poucos os que ousaram se aventurar tão perto desta aliança entre o alto escalão da maçonaria e o satanismo. Tudo isso é explicado no livro "A Maçonariasatanismo e exorcismo."

Propaganda do Olho que tudo vê em periódicos Adventistas 
 
ADVENTIST TODAY MAGAZINE May-June 2000

 
ADVENTIST TODAY MAGAZINE May- June 2005

 
Adventist Review Magazine Jan 2005

 
ADVENTIST MINISTRY MAGAZINE, Nov 2001 and July 2006

 
Conferência de líderes adventista (Photo published by Adventist Network)

In this rare photo (above) released by
Adventist Network, the SDA General Conference leadership is clearly seen
practicing the same kind of “one-eye” occultism. It makes you wonder…

 
SDA Pastor Doug Batchelor DVD Series for Amazing Facts

Amazing Facts Books Store Website: http://www.afbookstore.com/showitem.aspx?ProductID=DV-MAP


 
Adventist Community Health Centre

Adventist Community Health Centre Website: http://www.8-treasures.com/index.htm


 
Olho Adventista, do  SDA Latin America Website

 
www.ojoadventista.com

SDA Online Website for Latin America: www.ojoadventista.com


 
www.ojoadventista.com

SDA Online Website for Latin America: www.ojoadventista.com


 
llam Seventh Day Adventist Church Website, New Zealand

Church website: http://ilam.adventist.org.nz/the-unknown-god


 
SEVENTH DAY ADVENTIST WEBSITE, THE PRESENT TRUTH, TESIUTLAN, MEXICO

Adventist Mexico website: http://adventistas-de-teziutlan.blogspot.com/


 
SDA WOMEN MINISTRIES

Seventh Day Adventist Women Ministries Website: http://adventistwomensministries.org/index.php?id=10

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
Scroll to top