Que todos os seres sejam felizes e que meus pensamentos palavras e ações contribuam para a felicidade de todos os seres.
Grata por sua presença aqui.
Volte sempre


05/01/2013

O crente e a pornografia, assunto proibido ou escondido?....Como Evitar e Libertar-se da Pornografia?

O crente e a pornografia, assunto proibido ou escondido?....Como Evitar e Libertar-se da Pornografia?




Uma pesquisa feita pelo instituto Bepec, com mais de 1,6 milhões de evangélicos sobre sexualidade dos cristãos evangélicos revelou alguns dados interessantes, vamos analizar a tabela a seguir:
 Veja que o percentual de crentes com o hábito de acessar pornografia na internet é expressivo, 32% em um universo de 1,6 milhões de pessoas é um numero substancialmente consideravel. A pesquisaO Crente e O Sexo investiga a sexualidade - hábitos e atitudes - da população evangélica brasileira. A metodologia empregada envolveu a coleta de dados não presencial por meio de uma plataforma online – via e-mail – a partir de uma amostra estratificada de um cadastro superior a 1,6 milhões de evangélicos.
O assunto é pouco abordado nas igrejas, a não ser de forma recriminatória, mas raramente de modo educativo. Se o assunto sexo em si é considerado um tabu nas igrejas, imagina falar
sobre pornografia.
Na Austrália, o aplaudido, pastor e músico Michael Guglielmucci, autor de um dos mais belos cânticos do grupo Hillsong mentiu para o povo, durante dois anos que tinha câncer terminal, levantou ofertas para despesas hospitalares e disse que o Espírito Santo lhe inspirou a escrever um cântico que foi gravado pelo famoso grupo de louvor.
O jornal 
The Advertiser da Austrália publicou no dia 25 de agosto o texto, a seguir:
O Pastor Michael Guglielmucci inventou um câncer terminal, mentiu durante dois anos para encobrir seu vício de 16 anos pela pornografia.
Eis o que sou… sou viciado no negócio e isto me consome”, foi o que o pastor confessou a respeito da pornografia em sua primeira entrevista no Today Tonight, já que a história saiu no jornal de Adelaide na última semana.
“… Estou doente, e por isso inventei esta história para explicar o que estava acontecendo com o meu corpo”.
A vergonha de seu vício aparecia em seu físico fazendo-o perder os cabelos e consumindo-o fisicamente.
“Eu não saberia enganar vocês contando essa mentira noite após noite. Não sou bom ator pra isso”, disse o pastor.
Mike era considerado na Austrália como um superstar cristão, que inspirou milhares de pessoas cantando a canção "The Healer" com um tubo de oxigênio no nariz.
Surpreendentemente já existe até algo chamado "Pornô Gospel", +: 

Sobre a pornografia 
A pornografia é extremamente popular no mundo de hoje. Mensalmente, cerca de 8 milhões de cópias de revistas pornográficas circulam no Brasil. Em 1994 a venda de vídeos pornô chegou perto de 500 milhões de dólares. Segundo uma pesquisa, em 1992, 1 a cada 4 brasileiros assistiu a um filme de sexo explícito. O mesmo fizeram 13% das mulheres entrevistadas. Em 1995 esse número dobrou para os homens e aumentou um pouco em relação às mulheres. 


Muito embora os evangélicos em geral sejam contra a pornografia (alguns apenas instintivamente) nem todos estão conscientes do perigo que ela representa. Menciono alguns deles em seguida: 
É violar os princípios bíblicos estabelecidos por Deus para proteger a família, a pureza e os valores morais. A própria palavra "pornografia" nos aponta esse realidade. Ela vem da palavra grega pornéia, que é usada no Novo Testamento para a prática de relações sexuais ilícitas, imoralidade ou impureza sexual em geral. A Bíblia claramente condena a pornéia: ela é fruto da carne, procede do coração corrupto do homem, é uma ameaça à pureza sexual e devemos fugir dela, pois os que a praticam não herdarão o reino de Deus. A pornografia explora exatamente as formas de sexualidade condenadas por Deus: adultério, prostituição, homossexualismo. Há até mesmo a pornografia infantil.
·                     É contribuir para uma das indústrias mais florescentes do mundo e que, não poucas vezes, é controlada pelo crime organizado. Segundo um relatório oficial em 1986, a indústria pornográfica nos Estados Unidos é a terceira maior fonte de renda para o crime organizado, depois do jogo e das drogas, movimentando de 8 a 10 bilhões de dólares por ano.
·                     É contribuir para a escalada de violência e assédio sexuais contra a mulher. Vários dos temas mais comuns em pornografia do tipo hardcore incluem cenas de seqüestro e estupro de mulheres, geralmente com espancamento e tortura, além de outras formas obscenas de degradação. A mensagem que a pornografia passa aos consumidores é que quando a mulher diz "não" na verdade está dizendo "sim", e que se o estuprador insistir, ela não somente aceitará como também passará a gostar. O efeito da pornografia é devastador na personalidade humana. Homens viciados em pornografia têm dificuldades em amar a esposa e manter um relacionamento sexual adequado com ela. Pornografia provoca insatisfação com o casamento, cria um mundo de fantasias eróticas e devaneios sexuais, enfraquece a vontade de ser santo e puro, estimula a prática das aberrações sexuais que retrata, insensibiliza quanto à violência e à degradação à qual as mulheres são submetidas, passa a idéia de que a violência sexual, o estupro, o abuso, e a degradação da mulher são coisas normais e até desejáveis por elas mesmas e abre a porta para outras formas de degradação moral. Não são poucos os relatórios feitos por comissões de pesquisadores que denunciam a estreita relação entre a pornografia e a crescente onda de estupros, assédio sexual e exploração infantil nos países"civilizados". De fato, "o salário do pecado é a morte" (Rm 6.26).
Como Evitar e Libertar-se da Pornografia?
Não precisaremos de argumentos sociais, médicos e psicológicos para justificar a necessidade de evitarmos e nos libertarmos da pornografia tais como AIDS, destruição familiar, vício, desvio financeiro para esse fim, a falta de segurança e higiene nos locais destinados a esse fim, entre muitos outros. Acreditamos que as razões bíblicas nos são suficientes para dizermos não, mesmo que tenhamos de lutar contra a nossa própria vontade e nosso próprio coração. “Aquele que quer vir após mim, a si mesmo se negue...” são as palavras de Cristo para a nossa reflexão. 
Uma vez que entendemos que a nossa natureza pecaminosa nos impulsiona para o mal (Rm 3.10-12), temos que buscar meios pelos quais possamos não sucumbir às muitas tentações que nos sobrevirão, cientes de que “não nos vem tentação que não seja humana, mas Deus é fiel e não permitirá que sejamos tentados além das nossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação nos proverá também o livramento, de sorte que podemos suportar” (1Co 10.13); e ainda: “naquilo que ele mesmo (Cristo) sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados” (Hb 2.18). 
Tais promessas de Deus são como lenitivo para a alma. Mesmo que o salário do pecado seja a morte, “o dom gratuito de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6.23). Confiados nessas verdades ficamos fortalecidos para lutar contra as nossas concupiscências e fazer a vontade de Deus, pois “Ele é poderoso para nos guardar de tropeços e para nos apresentar com exultação, imaculados, diante da Sua glória” (Jd 24).
Referências: BEPEC, Gospel +, 
Dr. Augustus Nicodemus Lopes
Compartihle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO

Este site tem finalidades exclusivamente informativas.
É importante esclarecer que este site, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal.
Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a
manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,independentemente de censura ou licença" (inciso IX).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Designer Gabriel Orlen